Sem lesões

Fisioterapeuta indica cuidados especiais para três modalidades olímpicas

Rotina de prática esportiva traz diversos benefícios à saúde, mas o exagero e a falta de orientaçãopodem levar a problemas na coluna

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h47
A corrida pode provocar dores nas costas quando praticada de forma inadequada
A corrida pode provocar dores nas costas quando praticada de forma inadequada (A tradicional corrida do Sesi acontecerá neste domingo)

RIO - As Olimpíadas batem à porta. A grandiosidade do evento esportivo costuma despertar as pessoas para a prática do esporte, como meio para desenvolvimento de uma vida mais saudável. O diretor do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral, Helder Montenegro, no entanto, recomenda cautela e preparação aqueles que desejam se aventurar em uma nova modalidade esportiva.

O fisioterapeuta explica que a rotina de prática esportiva traz diversos benefícios à saúde, de forma geral. Contudo, o exagero e a falta de orientação são as principais causas de problemas na coluna. “Toda modalidade esportiva, cada uma com seu grau de impacto, exige esforço físico dos atletas. Por isso, é fundamental que a pessoa esteja totalmente preparada para praticar o esporte que deseja, apto a realizar os movimentos exigidos por cada modalidade. A prática de atividade física de forma incorreta pode acarretar prejuízos à coluna (irreversíveis em alguns casos), bem como a outras articulações importantes do corpo humano”, explica.

Esportes

Com cada vez mais adeptos, a corrida, por excesso de peso, encurtamento ou fraqueza da musculatura posterior das pernas e/ou a falta de exercícios de fortalecimento da região abdominal, é uma das atividades que pode provocar dores nas costas quando praticada de forma inadequada. Uma preocupação importante aos que desejam se iniciar na atividade é a escolha do calçado adequado ao treinamento com o devido amortecimento, de modo a minimizar os impactos no joelho.

Outro esporte olímpico em alta no país que é bastante conhecido quando falamos de lesões é o tênis. Devido ao seu sistema de treinamento de repetição de movimentos rotacionais, assimétricos e movimentos específicos, o tênis pode sobrecarregar determinadas regiões do corpo, entre elas a coluna vertebral, e ocasionar alguns desvios posturais.

Um passo básico para a prática do tênis que não pode ser negligenciado é a necessidade de se fazer um aquecimento por, pelo menos, cerca de cinco minutos antes de jogar, assim como de se alongar bem depois de jogar. Exercícios para o fortalecimento dos braços, pernas e tronco são altamente recomendados.

Ainda que seja um esporte quase sem impacto, a natação também exige cuidados pela possibilidade de provocar diversas lesões, caso o atleta pratique uma alta intensidade de treinos de forma inadequada e com a técnica desapropriada. Apesar de ser benéfico para o condicionamento aeróbico, algumas modalidades da natação, como borboleta e nado peito, exigem muito da coluna lombar, assim como o nado crawl, pela posição “de barriga para baixo”, pode ser prejudicial para quem já tem alguma lesão, tanto na região lombar como na cervical (pelos movimentos de rotação da cabeça para respirar).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.