Passaporte | Coluna Passaporte

Nordeste junino

Diversidade cultural na maior manifestação folclórica do Brasil
13/06/2016

Junho chegou e diversas cidades do Nordeste brasileiro se destacam nesse período, que é o mais animado da região. O São João deste ano tem um destaque especial. Com a realização do maior evento esportivo do planeta, as Olimpíadas 2016, no Brasil, a maioria dos arraiais (nome dado aos espaços onde acontecem as apresentações culturais) está sendo decorada com as cores e temas dos Jogos Olímpicos. O forró, que é o ritmo mais tocado durante os dias de festança, já “invadiu” as principais cidades.
Por falar nisso, três disputam acirradamente o título de “Melhor São João do País” e realizam uma vasta programação que atrai turistas de vários lugares do mundo. Campina Grande, na Paraíba; Caruaru em Pernambuco; e São Luís, no Maranhão, são os destinos mais procurados. A mistura étnica entre índios, africanos e europeus fez brotar nesses municípios uma série de raras e belas manifestações artísticas. Quadrilha, danças típicas, xote, forró, bumba meu boi, tambor de crioula e as tradicionais fogueiras. A “festa junina” é uma forma de homenagear a São João Batista, que nasceu no dia 24 de junho.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte