Passaporte | Coluna / Passaporte

Manaus, quase toda construída por um maranhense

O turismo na capital do Amazonas, é um mix de cultura, história, tradição e destaca-se pelo turismo de natureza e ecoturismo
Marcos Davi Carvalho23/05/2016

Que a capital amazonense é uma grande metrópole dentro da maior floresta tropical do planeta, isso todo mundo sabe. Mas que as principais edificações de Manaus foram planejadas por um maranhense, isso pouco se conhece. Eduardo Gonçalves Ribeiro nasceu em 1862 e era conhecido pelo apelido de “Pensador”, em decorrência de ter participado ativamente dos movimentos republicanos e ter editado o jornal O Pensador, no Maranhão.
Governou o Amazonas de 1892 a 1896 e, nesse período, construiu o Teatro Amazonas, o Reservatório do Mocó, a Ponte de Ferro da Sete de Setembro, o Palácio de Justiça e inúmeras outras obras, transformando Manaus, na “Paris dos Trópicos”, como era conhecida no passado. Essas obras são, até os dias de hoje, grande orgulho do “amazônida”, nome dado aos moradores da região.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte