Vida | Saúde

Quase 30% dos homens brasileiros sofrem de ejaculação precoce

Fatores genéticos, metabólicos, hormonais e psicossociais podem contribuir para o problema que afeta qualidade de vida; urologista destaca opções de tratamento e importância da consulta logo após os primeiros sintomas
08/05/2016 às 11h02

São Paulo - Especialistas estimam que quase 30% dos homens brasileiros sofram de ejaculação precoce ou prematura, como é conhecida. Este problema é definido como a incapacidade de controlar a ejaculação durante ato sexual. Considerado como tabu por grande parte dos homens, muitos passam longo tempo com o problema antes de procurar ajuda médica.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte