O Mundo | Animal

Fuinha causa curto circuito em acelerador de partículas do Cern

Porta-voz diz que levará alguns dias para acelerador voltar a funcionar; animal mordeu cabo de transformador de 66 mil volts e morreu
30/04/2016

França - Uma fuinha é apontada como a responsável pelo desligamento do Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês), o gigantesco acelerador de partículas de US$ 7 bilhões que funciona num túnel subterrâneo na fronteira da França com a Suíça. O animal não sobreviveu à descarga elétrica.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte