Cidades | Buracos

Fiema vai monitorar obras da rodovia

Falta de conservação aumenta custos logísticos da indústria; em 2015, federação apresentou relatório sobre os impactos na produtividade das empresas
09/04/2016

Em reunião do Conselho Empresarial do Maranhão (Cema) realizada no início da semana, a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), representada pelo presidente Edílson Baldez, se comprometeu em monitorar as obras de recuperação da BR-135, iniciadas recentemente pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Para a indústria maranhen­se, a ausência de conservação da rodovia faz aumentar os custos logísticos, algo difícil de administrar no momento de recessão econômica pelo qual passa o país.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte