Cidades | O Estado contra o Aedes

Casos notificados de doenças transmitidas pelo Aedes são três vezes maiores do que em 2015

Dados dizem respeito às primeiras 12 semanas epidemiológicas deste ano; dengue é a com maior número de notificações, mas o zika apresentou crescimento
31/03/2016

Em cerca de um mês e meio, o Aedes aegypti mostrou que o poder público e a população ainda precisam aumentar os esforços para coibir o surgimento de novos casos de dengue, febre chikungunya e zika vírus – as três doenças transmitidas pelo mosquito. Nesse período, o número de casos notificados aumentou 260,45%. A dengue é a doença com maior número de casos notificados, mas o zika vírus apresentou o maior crescimento, 670%. Para combater a proliferação do mosquito, a Prefeitura de São Luís tem feito ações para eliminar os focos do transmissor e pede à população que ajude, cuidando do correto descarte do lixo na sua comunidade.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte