Vida | Esperança

Tratamento faz tumores na mama encolherem em 11 dias

Medicamentos atacam proteína e são efetivos em um dos tipos de câncer mais agressivo; especialistas consideraram os dados "espantosos"
11/03/2016
Tratamento faz tumores na mama encolherem em 11 diasNova descoberta traz esperança na cura de câncer agressivo (Divulgação)

RIO - Um tratamento contra o câncer de mama obteve resultados "impressionantes" ao eliminar ou reduzir tumores em apenas 11 dias, de acordo com estudo divulgado ontem, na Conferência Europeia de Câncer de Mama, em Amsterdam, na Holanda. Especialistas consideraram os dados apresentados "espantosos".

O tratamento consiste em combinar dois medicamentos, que devem ser administrados antes da cirurgia de remoção de um dos tipos mais agressivos da doença, o HER2 positivo. Um dos remédios, o trastuzumab (também conhecido como Herceptin), já era usado nesses casos, mas a nova abordagem propõe combinar a substância ao lapatinib.

A pesquisa

O estudo apresentado, realizado pela Universidade de Manchester, no Reino Unido, envolveu 257 mulheres com HER2 positivo. Elas tiveram diagnóstico recente e não tinham começado nenhum tratamento. As participantes foram, então, divididas em três. Enquanto o grupo de controle não tomou nenhuma das substâncias, o segundo grupo recebeu o trastuzumab, normalmente receitado após a cirurgia. O terceiro grupo recebeu a combinação do trastuzumab com o lapatinib.

Este último grupo teve 66 mulheres. Destas, quase nove (87%) demonstrou alguma redução de células cancerosas. Em 28% dos casos, porém, o coquetel causou uma "redução significativa", sendo que, em 11% do total, o tumor desapareceu completamente. Os remédios tiveram resultado até em casos nos quais as células cancerosas haviam atingido os linfonodos.

O planejamento inicial do estudo era testar a combinação para saber quão efetivos são os medicamentos no combate às células do câncer. Depois de 11 dias, os cirurgiões operariam. Mas os médicos ficaram chocados em descobrir que em muitos casos os tumores sumiram ou diminuíram drasticamente. Na maioria dos tratamentos, os resultados demoram de meses a anos. Já nessa combinação, os tumores sumiram em 11% das pacientes e diminuíram para menos que 5mm em outros 17%.

Ação

"Tumores sólidos desaparecerem em 11 dias é uma coisa desconhecida. Esses resultados são inacreditáveis de tão bons", disse o professor Nigel Bundred, chefe da pesquisa, ao jornal britânico "Telegraph".

Os medicamentos deveriam agir na proteína HER2, que alimenta o crescimento das células cancerígenas. O Trastuzumab age na superfície das células, enquanto o Lapatinib age no interior, desativando a proteína. Entretanto, os pesquisadores estão surpresos com os resultados tão rápidos, e dizem que mais estudos são necessários, especialmente para acompanhar as pacientes: o HER2 positivo costuma voltar com novos tumores.

O tratamento pode ser um grande passo para atendimento sob medida para cada paciente. Pesquisas recentes mostram que o câncer de mama é na verdade pelo menos dez doenças, cada uma com uma causa diferentes e exigindo tratamento diferente.

Saiba mais

Hoje, mulheres com câncer de mama têm seus tumores removidos cirurgicamente e em seguida recebem uma combinação de quimioterapia, radioterapia, terapia hormonal e drogas especiais como o Trastuzumab. Médicos acreditam que o futuro do tratamento oncológico é tratar cada tipo de maneira diferente, com drogas especiais que mirem os ponto fracos dos tumores.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte