Polícia | explosão

Organização criminosa é desarticulada pelas Polícias Militar e Civil no interior do estado

Investigações levaram a quatro suspeitos de envolvimento em explosões de bancos em Santa Inês e Alto Alegre; um ex-militar está entre os presos
29/02/2016 às 14h50
Organização criminosa é desarticulada pelas Polícias Militar e Civil  no interior do estadoBando capturado em Santa Inês e Alto Alegre

SANTA INÊS - Organização criminosa, especializada em explosão de caixas eletrônicos, é desarticulada em operação realizada pela Polícia Civil em parceria com a Polícia Militar nas cidades de Santa Inês e Alto Alegre. Entre os presos estão Wandesson da Silva Araújo, Adailton José do Nascimento Sousa, Wallyson Sousa Santos e Renato Menezes da Silva.

Segundo as investigações, a quadrilha tem envolvimento no assalto ao Banco do Brasil da cidade de Cantanhede, ocorrido no dia 28 de novembro de 2014, e também na explosão aos caixas eletrônicos da prefeitura de Peritoró, no ano de 2012.

A quadrilha está sendo investigada como autora das explosões ocorridas este ano nas cidades de Tufilândia, Lago Verde e Alto Alegre.

Os criminosos

Wandeson da Silva Araújo possui antecedentes criminais por roubo ao Banco postal da cidade de Bela Vista no Maranhão, por porte ilegal de arma de fogo em Santa Inês e dois mandados de prisão em aberto nas comarcas de Cantanhede e Santa Inês.

Adailton José do Nascimento Sousa, ex-policial militar expulso em 2001 por envolvimento em roubo a carga na região de Santa Inês, possui mandado de prisão em aberto pela comarca de Cantanhede por assalto a banco.

Wallyson Sousa Santos possui antecedentes por receptação em Santa Inês.

Renato Menezes da Silva possui antecedentes criminais por roubo a banco nas cidades de Cantanhede e Coroatá e porte ilegal de arma de fogo em Santa Inês.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte