Cidades | Ônibus

Por causa da violência, rodoviários de São Luís querem adicional "risco de vida" nos salários

Assembleia da categoria ocorreu nesta segunda-feira (15) na sede do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão
15/02/2016 às 15h32
Assaltos são constantes em ônibus de São Luís

SÃO LUÍS - Somente no mês de janeiro, foram registrados 66 assaltos a ônibus na Região Metropolitana de São Luís, segundo dados divulgados pelo Sindicato dos Rodoviários do Maranhão. Por causa do alto índice, os rodoviários querem garantir o adicional "risco de vida" nos vencimentos da categoria. A proposta foi analisada hoje em assembleia que ocorreu na sede do sindicato.

“Nesse momento é fundamental que a categoria esteja unida para que possamos chegar a um denominador comum, que seja ideal e que agrade de maneira geral toda a classe”, avalia Isaias Castelo Branco, presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Assembleia da categoria ocorreu hoje

Além do adicional, motoristas, cobradores, fiscais, pessoal do administrativo e manutenção e membros da diretoria da entidade também discutiram questões referentes a estrutura nos pontos finais das linhas de ônibus e a ameaça de não pagamento dos salários até o quinto dia útil do mês, que ocorreu neste mês de fevereiro, em que as empresas chegaram a anunciar tal medida, alegando falta de dinheiro.

Benefícios conquistados pela classe, como os planos de saúde e odontológico e o tíquete alimentação também foram colocados em pauta. Também foi repassado aos trabalhadores a proposta de percentual de reajuste dos salários. O presidente da entidade ressaltou que daqui por diante é "tolerância zero" com os empresários.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte