Prisões

Integrantes de bando que assaltou banco são apresentados

Três acusados de participarem do assalto a uma agência do Bradesco na cidade de Icatu teriam dado cobertura aos demais membros da quadrilha
18/01/2016

Ainda ontem, os corpos dos criminosos, que morreram em confronto com a polícia no sábado, na Região do Munim, suspeitos de participarem do assalto a uma agência do Bradesco na cidade de Icatu, continuavam no Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga. Um deles foi identificado como Lindomar Silva Castro, enquanto, o outro bandido era conhecido como Gordinho do PCC. Também durante a incursão policial foram presos os outros envolvidos no crime.
Segundo a polícia, em poder dos bandidos foi apreendida uma submetralhadora ponto 45 pertencente às Forças Armadas, uma escopeta calibre 12, uma pistola ponto 40 da Polícia Militar do Piauí e ainda uma grande quantia em dinheiro.
Na manhã de ontem, os detidos foram apresentados à imprensa pela Secretaria de Segurança Pública, na Vila Palmeira, sendo identificados como Luís Alberto Freitas Alves, de 29 anos, filho do ex-vereador de Rosário Dako; José Maria Marques Cantanhede, de 55 anos, sogro de Luís Alves; e Wellyson de Sousa dos Santos, de 22 anos.
O titular da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), delegado Thiago Bardal, falou que uma parte do bando acabou sendo identificado e reconhecido como moradores da Região do Munim por meio das imagens do circuito de vídeomonitoramento. “Alguns bandidos entraram no banco de cara limpa e isso facilitou o reconhecimento. Até mesmo muito deles já participaram de outras ações criminosas, principalmente, na Região Tocantina”, declarou o delegado.
Ele também disse que a polícia ficou sabendo que na noite de sexta-feira, 15, quatro bandidos teriam sido resgatados pela caçamba conduzida por José Maria Cantanhede, que estava acompanhado de Luis Alberto Freitas. Enquanto, no Corsa Classic, que tinha como motorista Wellyson de Sousa, foram resgatados mais dois assaltantes de dentro do matagal, na zona rural de Icatu.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte