Marchinhas

Concurso de Marchinhas da Fundição Progresso está com inscrições abertas

Interessados têm até o dia 5 de janeiro para mandar propostas
22/12/2015 às 10h10

O 11º Concurso de Marchinhas Carnavalescas da Fundição Progresso está com inscrições abertas até o dia 5 de janeiro para a escolha da melhor marchinha do carnaval 2016. Neste ano a votação será online, com mais tempo para os finalistas divulgarem suas campanhas nas redes sociais e a grande campeã será revelada na abertura do Carnaval do Rio de Janeiro.

A competição completa 11 edições homenageando Noel Rosa, autor de “Pierrô Apaixonado” (com Heitor dos Prazeres), “As Pastorinhas” (com João de Barro), entre outros clássicos da folia.

Para inscrever uma marchinha basta cadastrar a música e enviar o áudio (em formato MP3) no formulário disponível no site www.concursodemarchinhas.com.br. O tema é livre e cada concorrente pode postar três músicas.

Quem não é músico profissional também pode participar, sendo que a gravação da marchinha não precisa obrigatoriamente ser feita com acompanhamento de instrumentos, basta apenas a voz do autor ou intérprete entoando a letra da música, desde que seja possível identificar melodia e letra, e a gravação pode ser feita até pelo celular.

Podem participar brasileiros que tenham a partir de 18 anos de idade. Menores de idade podem constar como parceiros, mas não como autores da inscrição. A competição acontece em duas fases: a classificatória, com escolha de cinco músicas pelo júri especializado (resultado no dia 15 de janeiro) e a eleição final por votação do público online entre 23 de janeiro e 6 de fevereiro.

Serviço

O quê: 11º Concurso de Marchinhas Carnavalescas da Fundição Progresso

Inscrições: de 5 de dezembro a 5 de janeiro no site http://www.concursodemarchinhas.com.br,

Divulgação das 5 finalistas: 15 de janeiro

Votação popular: de 23 de janeiro a 6 de fevereiro

Resultado final: 6 de fevereiro - abertura do Carnaval da Lapa

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte