Conscientização

Trânsito de São Luís matou mais de mil pessoas de 2011 a 2014

Por meio de campanha de conscientização para evitar acidentes no trânsito, que é permanente, foram realizadas ações durante todo o ano de 2015
18/12/2015
Campanha conscientiza sobre educação no trânsito, na Cohab

As estatísticas relacionadas à violência no trânsito em São Luís e no Maranhão são preocupantes. Segundo um levantamen­to do Sistema de Informações de Mortalidade da Secretaria de Esta­do da Saúde (SIM/SES), 6.188 pessoas já perderam suas vidas no Maranhão, vítimas da violência no trânsito de 2011 a 2014. Somente em São Luís, foram registrados 1.162 óbitos no mesmo período. Foram quase 300 mortes por ano.

Neste ano, já ocorreram várias mortes no trânsito em São Luís e uma das mais recentes ocorreu na manhã de ontem. O motociclista identificado como Francisco José Cunha Alves, de 48 anos, saía da Ponte do Caratatiua quando ba­teu contra um muro e foi a óbito. Segundo os agentes de trânsito que prestaram atendimento à ocorrência, o trânsito tinha fluxo tranquilo no momento do aciden­te, e o condutor pode ter perdido o controle da direção na curva que há na cabeceira da pon­te.

Ação
Visando à redução no número de vítimas, vem sendo desenvolvida a Campanha SOS Vida no Trânsito, que teve a última atividade de 2015 realizada ontem, com mais uma ação de conscientização em uma faixa de pedestres de São Luís. Dessa vez, em frente ao Pop Center Cohab, na Avenida Jerônimo de Albuquerque. Membros da campanha orientaram condutores e pedestres sobre a violência no trânsito e as medidas para combatê-la, contribuindo para uma redução das vítimas de acidentes.

Assim como nas outras ações, o ponto escolhido tem apenas a faixa de pedestres. Como não há semáforos, nem sempre os motoristas respeitam o direito dos pedestres. Por isso, membros da Maçonaria do Maranhão e Centro de Referência e Saúde do Trabalhador (Cerest-MA) entregaram panfletos e orientaram os condutores.

No mesmo horário da campanha, homem morreu em acidente no Ipase

O coordenador da campanha, Lourival Cunha, explicou que a campanha educativa nas faixas começou em 2014 e essa foi a 35ª ação. “Embora a palavra campanha sugestione algo provisório, a campanha é permanente. Já estamos elaborando a programação de 2016 para continuarmos essas ações, para que São Luís possa se tornar uma cidade como Brasília, em que o pedestre coloca o pé na faixa e os carros param”, disse.

Ele afirmou ainda que o resultado das ações tem sido positivo. “Nós temos tido depoimentos de pessoas de que houve mudança de comportamento. Mas acreditamos que ainda precisa evoluir muito. Por isso, a campanha tem como objetivo também despertar outros órgãos da sociedade civil para fazer o mesmo: promover a educação no trânsito”, ressaltou.

SAIBA MAIS
Educação no trânsito

Além da conscientização acerca do pedestre, o planejamento de 2016 da Campanha SOS Vida no Trânsito prevê a abordagem da educação no trânsito de uma forma geral. Para isso, a campanha trabalha a inserção do tema “educação no trânsito” nas escolas públicas do estado. Serão mais de mil escolas beneficiadas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte