Negritude

Música, arte e festa para afirmação da cultura negra no Maranhão

Festa "Baddest Party - Edição #AFROntamento", ocorrerá nesta sexta-feira, 20 e sábado, 21, em alusão ao Dia da Consciência Negra
20/11/2015 às 09h18

Ser um manifesto lúdico-festivo sobre empoderamento, afirmação de identidade e conscientização da população jovem negra maranhense é o objetivo da Baddest, festa voltada para a difusão da cultura negra. O evento ocorre nesta sexta-feira, 20, e amanhã, 21, no Salão Pedra Rara e Life Club, ambos na Praia Grande.

Este ano, além de comemorar a sua quarta edição, a Baddest traz uma proposta diferente, apoiando formas diversas de arte como moda, fotografia, artes visuais, música.

Na sexta, 20, a programação terá inicio a partir das 19h, com desfile Afro Pedra Rara, com Banda Ylúguerê Guerreiro; Deusas de Olorum; show com Célia Sampaio; apresentação do Bloco Afro Akomabu; e apresentação do Bloco Afro Didara.

Em seguida acontece a After Party, na Life Club (Rua da Palma) com a discotecagem dos DJ’s Enme Paixão, Cá Sodré, Butantan e Emerson Machado.

No sábado, no Beco dos Catraieiros (Praia Grande), a partir das 17h, terá oficinas de turbante, de pintura africana, show do cantor Neife Nahmias e apresentação do rapper MC Joier, show da cantora Fabiana Rasta e do cantor Yhago Sebaz.

Haverá ainda baile charme com Street Masters e intervenção poética do Coletivo Yalodê, além de apresentação das Deusas de Olorum, apresentação musical com Márcia Carvalho e discotecagem com os DJ’s Only Fuego, Enme Paixão, Cá Sodré e Butantan.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte