Terrorismo em Paris

Dois terroristas eram franceses e viviam na Bélgica

Autoridades belgas confirmaram a morte dos criminosos e identificaram origem dos carros usados nos ataques.
O Estado Online15/11/2015 às 14h54

BRUXELAS – Investigações sobre os atentados de sexta-feira à noite em Paris concluíram que dois terroristas eram franceses e tinham residência em Bruxelas, capital da Bélgica. De acordo com a Procuradoria Federal do país, dois carros usados nos ataques foram alugados em Bruxelas e encontrados no local dos ataques. O órgão também confirmou a morte dos criminosos.

Até à tarde de ontem (14), as autoridades francesas informaram que 129 pessoas morreram e 352 ficaram feridas, sendo 99 delas em estado grave. Os ataques em Paris aconteceram em sete pontos diferentes da cidade: no Estádio de França, na Gare Du Nord, no restaurante Petit Cambodge, no bar Le Carrilon, no Bataclan Concert Hall, na Belle Equipe Bar e no Les Halle.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte