Capa com foto de repórter de O Estado leva prêmio de jornalismo

A capa, com o título "do tronco ao poste", faz alusão ao linchamento ocorrido em São Luís, em 6 de julho, e tem foto de Biné Morais
19/10/2015 às 22h10

O fotojornalista Biné Morais, de O Estado, escreveu seu nome entre os vencedores do Prêmio ExxonMobil (antigo prêmio Esso) de Jornalismo, o maior do país. É dele a foto que compõe a capa do jornal Extra, do Rio de Janeiro, que ganhou o prêmio especial de primeira página.

A capa, com o título "do tronco ao poste", faz alusão ao linchamento ocorrido em São Luís, em 6 de julho, quando Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, teria tentado assaltar um bar no Jardim São Cristóvão, em São Luís (MA), acompanhado por um jovem de 16 anos. Os dois foram surpreendidos pela reação de um cliente, que, ajudado por outras pessoas, dominou e agrediu os rapazes. O adolescente resistiu aos ferimentos, mas Cledenilson morreu no local.

A concepção da capa ficou por conta dos jornalistas Sandro Mesquita, Octávio GUedes, Denise Ribeiro, Marcelo Senna, Marlon Brum, Viviane Cohen e Clóvis Saint-Clair.

Capa vencedora do prêmio

Outros prêmios - Paulo Saldaña, Rodrigo Burgarelli e José Roberto de Toledo conquistaram o prêmio principal com o trabalho "Farra do Fies", publicado no jornal O Estado de S. Paulo. A série de reportagens investigou as mudanças ocorridas no programa em 2010. Além de entrevistas e análise de documentos, os repórteres cruzaram grandes bancos de dados, como o Censo de Educação Superior e Portal da Transparência, além de registros de mais de 300 instituições de ensino. O esforço revelou, entre outros aspectos até então ocultos, que o programa consumiu R$ 28 bilhões em quatro anos, endividando alunos que dificilmente terão condições de ressarcir os cofres públicos.

Além destes dois prêmios, foram contemplados outros 11 trabalhos, incluindo os prêmios ExxonMobil de Reportagem, Fotografia e Telejornalismo, e as premiações de categoria de mídia impressa. Homenagem especial foi concedida pela comissão final de premiação à figura do Repórter, com a distinção de Melhor Contribuição à Imprensa. Em declaração, os jurados destacaram que "o jornalismo depende fundamentalmente do Repórter", e que a homenagem se estende "aos autores dos 1.021 trabalhos inscritos para a 60ª edição da premiação, aos milhares de ex-participantes ao longo de seis décadas e aos que levarão adiante a bandeira do Jornalismo".

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte