COMENTÁRIO

Em formato de cinema, eles lacraram!

Turma de “Vai que Cola: O Filme” consegue tirar boas risadas em texto que narra os conflitos sociais da população carioca; filme já foi visto por mais de 1 milhão de espectadores
Italo Stauffenberg/O Estado18/10/2015

Não há como negar. Paulo Gustavo é o humorista mais badalado do país nos últimos quatro anos. Todo projeto que ele participa vira sucesso. Foi assim com os filmes “Minha Mãe é Uma Peça” (2013) e “Os Homens são de Marte... e é pra lá que eu vou” (2014), as comédias teatrais “Minha Mãe é Uma Peça”, “Hiperativo” e “220 Volts”, além dos programas de televisão no canal Multishow. Um desses enormes sucessos de audiência é o sitcom “Vai Que Cola”, que está prestes a entrar em sua terceira temporada na grade daquele canal. Enquanto o seriado não estreia, a turma engraçada do Méier foi parar no cinema com um filme que não consegue deixar ninguém sério durante 100 minutos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte