Quito

Papa tenta amenizar tensão política antes de missa no Equador

Protestos antes de missa campal em Quito pediam saída do presidente; celebração teve quase 1 milhão de fiéis ontem
08/07/2015

Equador - O papa Francisco tentou amenizar a tensão no Equador, em função dos protestos antes da missa campal ontem, em Quito, e na qual estará o presidente Rafael Correa, alvo de manifestações que exigem sua saída do poder.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte