Prevenidos

Maranhenses investem na coleta de células-tronco umbilicais

São Luís vem ganhando mais adeptos do armazenamento privado; de janeiro a maio de 2015, 50 coletas foram feitas na capital maranhense, mais que todo o ano passado; material pode ser usado no tratamento de diversas doenças graves
28/06/2015

Ana Clara Murad Sarney não teve dúvida ao optar pela coleta do sangue do cordão umbilical de seus filhos Bruno, de 3 anos, e Ana Clara, de 2 meses, e sente-se segura de poder ter uma alternativa de cura no caso de doenças que possam acometê-los no futuro. Trazida pelos avanços da ciência, essa é mais uma decisão que os pais precisam tomar próximo ao momento do parto. Neste campo, São Luís vem ganhando mais adeptos do armazenamento privado. Segundo dados da Cryopraxis, maior banco de sangue de cordão umbilical privado do Brasil, de janeiro a maio de 2015, 50 coletas foram feitas na capital maranhense. Este resultado já atingiu o número total de coletas realizado durante todo ano de 2014.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte