Aluguel de aeronaves

Oposição cobra coerência do governador Flávio Dino

Adriano Sarney, Andrea Murad e Sousa Neto criticaram a falta de coerência do governador em relação ao contratação dos serviços de aeronaves pela administração estadual
11/06/2015 às 17h09

O deputado estadual Adriano Sarney (PV), a deputada Andrea Murad (PMDB) e Sousa Neto (PTN) questionaram na manhã desta quinta-feira, 11, a postura do governador Flávio Dino (PCdoB) sobre a locação de aeronaves para serviços no Palácio dos Leões. Os parlamentares pediram mais coerência ao governador que havia se comprometido em usar somente voos comerciais para fazer economia do estado.

Em reportagem de O Estado foi revelado que há um processo de licitação em curso para a contratação de duas aeronaves para deslocamento do governador e seus auxiliares em missões oficiais pelo Brasil.

A publicação foi mostrado ainda que o governador, no início de sua gestão, havia se comprometido com eleitores de usar os recursos para este tipo de serviço nas áreas de Educação e Saúde.

No entanto, na prática, Flávio Dino fez o contrário do que vinha se comprometendo. De acordo com Adriano Sarney, falta coerência para o gestor.

“Falta muita coerência a esse Governo. É o governo da mudança, mas não é o governo da mudança para melhor. A verdadeira mudança foi a mudança que aconteceu nas ideias do governador que pensava de uma forma nas eleições, mas agora mudou e pensa de outra forma. Antes pegava avião de carreira e para fazer seu marketing tirava uma foto e ainda dizia que era popular e assim estava economizando dinheiro público, mas agora vai gastar mais de R$ 13 milhões com o aluguel de duas aeronaves”, declarou o parlamentar.

Andrea Murad questionou a postura do governador Flávio Dino. “Não sou contra, porque acho que essas coisas são extremamente necessárias, o que não se pode haver é esse tipo de hipocrisia. Fica o tempo todo com hipocrisia, Flávio Dino não voa, aí vai tira uma foto no avião de carreira. Vamos parar de hipocrisia, nós precisamos é fazer o nosso trabalho, tratar o povo com respeito e agir com responsabilidade”, disse.

Sousa Neto também questionou a coerência de Dino. "Quer dizer que ele condenava, o Governo passado por utilizar aeronaves para fazer um deslocamento daqui para São Paulo, para Brasília e dizia que esse dinheiro desse aluguel era para colocar na área da Saúde e Educação. Dizia que não viajaria numa aeronave alugada pelo Governo, porque o Estado é miserável e precisa mais desse dinheiro. O que foi que mudou agora o discurso, governador? Qual foi o discurso que você foi candidato, e enganou o povo, e agora está usando das mesmas práticas?”, questionou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte