Relacionamento

Pessoas pegajosas são as mais propensas à traição

De acordo com o psicólogo clínico Roberto Rosas Fernandes, as pessoas que grudam nos parceiros sufocam sua liberdade e fragilizam a relação
Heloísa Noronha Do UOL, em São Paulo05/06/2015

SÃO PAULO - Os casais que fazem tudo juntos e que, mesmo longe fisicamente, sempre dão um jeito de estar em contato, com ligações e mensagens no Whatsapp, por exemplo, não estão blindados contra a traição. Pelo contrário, o excesso de grude pode fazer com que recorram a aventuras amorosas como uma válvula de escape. A conclusão é de uma pesquisa conduzida pela Universidade Estadual da Flórida, nos Estados Unidos, e publicada, no fim de 2014, na revista "Psychology Today".

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte