Caso Rondinely

Comunidade do Parque Vitória faz passeata após latrocínio de jovem

Rondinely da Costa morava no bairro e foi atingido com dois tiros dentro de um ônibus na Cohab, no dia 6; amigos pedem justiça
11/05/2015

Exibir faixas e cartazes com frases como "Queremos paz e segurança", "Chega de violência", "Ele não reagiu", entre outras, foi a forma encontrada pelos familiares, amigos e moradores do conjunto Parque Vitória, no município de São José de Ribamar, para protestar, durante uma passeata realizada na manhã de sábado, dia 9, contra o latrocínio (roubo seguido de morte) do estudante Rondinely Ferreira da Costa, de18 anos. Ele foi brutalmente assassinado a tiros, na segunda-feira, dia 4, no interior de um ônibus que fazia linha para o Habitacional Turu. O fato ocorreu em frente à Maternidade Marly Sarney, no bairro da Cohab, durante um assalto.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte