Crônica

Rebuscando Velhas Gavetas II

Recomendamos, também, por vosso intermédio, ao povo que não esconda nas matas aquilo que pode estar guardado, naturalmente, dentro de casa
Sálvio Dino28/04/2015

Pelo celular, meu estimado amigo/confrade José Herenio (AIL), lá do Rio de Janeiro, me responde, com a voz transbordante de emoção:

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte