Latrocínio

Suspeito de latrocínio contra comerciante é preso em São Luís

Crime aconteceu no mês de junho de 2020 e é investigado pela equipe da SHPP.

Imirante.com

- Atualizada em 25/08/2022 às 17h00
O suspeito foi preso no Residencial João Alberto, na Grande Ilha.
O suspeito foi preso no Residencial João Alberto, na Grande Ilha. (Prisão)

SÃO LUÍS - Um homem, identificado como Orlando Tavares Mendes, também conhecido como Buda, foi preso nesta quinta-feira (25), pela equipe da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHHP), em São Luís. De acordo com a Polícia Civil, o homem é suspeito de ter praticado um crime de latrocínio contra o comerciante Raimundo Nonato Pires dos Santos, registrado no 9 de junho de 2020, no bairro Jordoa, na capital maranhense.

Leia também:

Preso segundo suspeito de envolvimento em latrocínio registrado em farmácia de São Luís

Suspeito de envolvimento no latrocínio de bombeiro reformado é preso

Ainda de acordo com a polícia, Orlando Tavares foi localizado no Residencial João Alberto, na capital, e apresentado na sede da SHPP, na Beira-Mar, onde prestou esclarecimento sobre o caso e, logo após, levado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Ordem judicial

Os policiais ainda cumpriram nesta quinta-feira um mandado de prisão em desfavor de Elexasandro dos Anjos Rodrigues, conhecido como Teco, que também é suspeito de ter roubado e matado o comerciante Raimundo Pires. 

A polícia informou que o suspeito já estava custodiado em Pedrinhas em razão de ser suspeito de uma tentativa de latrocínio que teve como vítima um policial militar, ocorrido na Região Metropolitana de São Luís.

 



 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.