Operação

Seis pessoas são presas durante cerco policial na Grande Ilha

As prisões foram em cumprimento de ordem judicial e, de acordo com a polícia, os detidos são suspeitos de violência doméstica e roubo.

Imirante.com

- Atualizada em 09/06/2022 às 17h05
Os detidos foram apresentados na delegacia e, logo após, encaminhados para Pedrinhas.
Os detidos foram apresentados na delegacia e, logo após, encaminhados para Pedrinhas. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS -  Seis pessoas foram presas por determinação judicial durante a operação Pais e Filhos, que foi deflagrada nesta quinta-feira (9), pela Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), na Grande São Luís.

Leia também em: 

Homem suspeito de violência doméstica é preso em Ribamar

Polícia civil prende dois homens suspeitos violência doméstica

De acordo com a polícia, no decorrer desse cerco, três pessoas foram pesas suspeitas de dever pensão alimentícia, dois pelo crime de roubo e uma prisão foi por descumprimento de medida protetiva no contexto de violência doméstica.

Os detidos foram ouvidos pela Polícia Civil e, logo após, encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde vão ficar à disposição do Poder Judiciário.

Mais prisão

A polícia também prendeu em São Luís um homem suspeito de homicídio. Segundo a polícia, o crime ocorreu no dia 27 de dezembro de 2021, na Vila Sarney e a vítima foi morta a tiros em plena via pública. O caso está sendo investigado pela Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP).


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.