Greve dos professores

Vídeo: professores grevistas se inscreverão em seletivo da Prefeitura de SL

Durante protesto na porta da Prefeitura de São Luís professores disseram que mais de 6 mil docentes devem se inscrever no processo seletivo para contratação temporária de professores pela Semed.

Carla Lima/Ipolítica

- Atualizada em 06/05/2022 às 11h20

SÃO LUÍS - Os professores da rede municipal de ensino de São Luís, que estão em greve, afirmaram que irão se inscrever no processo seletivo para contratação de docentes temporários pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A afirmação ocorreu durante protesto da categoria em frente a Prefeitura de São Luís na quinta-feira, 5.

Os professores estão em greve desde o dia 18 de abril e ainda não chegaram a um acordo com a gestão do prefeito Eduardo Braide (sem partido).

Os docentes, inicialmente, reivindicavam o reajuste salarial de 36% e a Prefeitura ofereceu 5%, proposta não aceita. Após a deflagração da greve, o município aumentou a proposta para 10,06%, o que também foi recusada pela categoria.

Após reuniões de conciliação feita pelo Ministério Público Estadual (MP), o SindEducação chegou ao percentual de 17,62%, não aceito pela Prefeitura.

Uma nova reunião de conciliação entre os professores e a Prefeitura de São Luís ocorre nesta sexta-feira, 6.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.