Cobrança

CPI aguarda planilha de custos do transporte público de SL

Colegiado deu prazo de 72 horas para que a SMTT apresente documento detalhado sobre o funcionamento de setor.

Ronaldo Rocha / Ipolítica

- Atualizada em 06/05/2022 às 11h37
CPI se reuniu na última terça-feira na Câmara de São Luís
CPI se reuniu na última terça-feira na Câmara de São Luís (Fabrício Cunha)

SÃO LUÍS - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga supostas irregularidades no sistema de transporte público da capital (CPI dos Transportes), aguarda para hoje a planilha de custos de operação do sistema atualizada e detalhada.

Isso porque na última terça-feira o colegiado deu um prazo de 72 horas para que o secretário Diego Baluz, titular da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), apresentasse o documento. 

Naquela ocasião, o vereador Álvaro Pires (PMN), relator do colegiado, chegou a apresentar um preâmbulo do relatório. Ele, entretanto, destacou que não concluiu o conjunto de informações porque ainda não teve acesso às planilhas de custos atualizadas e detalhadas do sistema, referente ao ano de 2022.

Leia também: CPI dos Transportes dá prazo de 72 horas para SMTT apresentar documentos

"O povo está esperando uma resposta desta comissão. O que está faltando para que possamos concluir o relatório das investigações é apenas ter acesso às planilhas de custos atualizadas e detalhadas, referente ao ano de 2022", declarou.

A comissão também deu prazo de 72 horas para que o empresário Manoel Cruz Filho, proprietário da Consulttrans – Consultoria Especializada Ltda., empresa que presta serviço de consultoria à SMTT, possa apresentar a documentação probatória.

Caso a SMTT não entregue o documento até o fim do dia de hoje, na próxima segunda-feira a CPI deve informar as medidas que podem ser adotadas no caso.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.