Benefício

Auxílio Brasil está acima de disputas pessoais, afirma Roberto Rocha

Senador do Maranhão agradeceu colegas por aprovação de medida provisória.

Agência Senado

Roberto Rocha relatou matéria no plenário do Senado.
Roberto Rocha relatou matéria no plenário do Senado. (Roque de Sá/Agência Senado)

BRASÍLIA - O senador Roberto Rocha (PTB-MA) agradeceu aos senadores pelo apoio na aprovação da medida provisória que garante, de forma permanente, o valor mínimo de R$ 400 para as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil (MP 1.076/2021), o projeto permite ao Executivo repassar R$ 90 bilhões anuais ao programa.

Relator da proposta no Plenário, ele ressaltou, em pronunciamento nesta quarta-feira (4), a importância da aprovação da matéria, em especial para o Maranhão, que, segundo ele, necessita desse tipo de política pública para melhorar as condições sociais de sua população.

“São matérias como essa que nos unem. Ou seja, a discussão é de política pública, e essa é uma política pública muito necessária ao Maranhão", destacou.

Para o senador, a política, quando praticada incondicionalmente, é capaz de unir os políticos em seus antagonismos em prol do bem maior, para favorecer as necessidades e os anseios da população. Apesar de ser oposição ao ex-governador do estado, sempre esteve atento a tais anseios. 

"Fica aqui firmado meu compromisso público de sempre trabalhar pelo povo do Maranhão, porque, o meu Brasil é o Maranhão; o meu partido é o Maranhão. Como nós somos maranhenses e estamos ombreados com o mesmo propósito e objetivo, vamos caminhar juntos, terraplanando, fazendo um caminho cada vez melhor para o nosso estado, procurando dar uma ajustada em suas velas e buscar um porto seguro, um porto melhor. Esse é o meu desejo", afirmou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.