São Luís

Shoppings centers lideram preferência de compra de presentes para o Dia das Mães

Pesquisa da Fecomércio mostra que a Rua Grande aparece como segunda melhor opção para o consumidor.

Imirante.com

- Atualizada em 02/05/2022 às 10h38
Lojas de shoppings apareceram como preferência para 40,1% do consumidor de São Luís
Lojas de shoppings apareceram como preferência para 40,1% do consumidor de São Luís (Divulgação)

SÃO LUÍS - Pesquisa de Intenção de Compras para o Dia das Mães em São Luís mostra que os Shopping Centers são a principal referência do consumidor ludovicense na busca por presentes para a data. Dentre os locais apontados pelos entrevistados no levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Maranhão (Fecomércio-MA), as lojas de shoppings apareceram como preferência de 40,1% do público.

Este resultado, mesmo representando a maior fatia da intenção de local de compra, representa uma queda de -28,5% em relação à pesquisa anterior realizada em 2019, quando os Shopping Centers atendiam a preferência de mais da metade do público local que pretendia presentear (56,1%).

Em comparação aos últimos anos, o cenário de 2022 mostra que os consumidores devem realizar suas compras do Dia das Mães, mais fortemente, em locais abertos e com maior diversidade de lojas e preços. A Rua Grande, por exemplo, cresceu no ranking de preferência e aparece como a 2ª melhor opção de local, com a fatia de 30,7% das intenções.

De 2018 para cá, o Centro Comercial de São Luís vem se destacando entre as escolhas prioritárias de lugares para comprar os presentes, com aumento de 108,8%, ou seja, mais que o dobro. Naquela época, a porcentagem de pessoas que optavam por esta escolha era de 14,7%, aparecendo como 3ª opção no ranking.

“Este crescimento está alinhado ao período de entrega das obras de requalificação da Rua Grande e do seu entorno, além da queda do rendimento médio do ludovicense diante das sucessivas altas da inflação, o que compele aos consumidores realizar suas compras em locais mais baratos e de fácil acesso, se comparado às lojas de shopping centers”, aponta o presidente da Fecomércio-MA, José Arteiro.

Lojas de bairro e internet

Na 3ª posição do ranking de locais para comprar o mimo das mães, as lojas de rua, bairro ou galerias somam 23,6% dentre as opções este ano. Isto significa uma queda de -47,2%, de 2018 a 2022, tendo sido a maior perda apurada até então, da lista de preferências.

A internet, por sua vez, aparece como destaque positivo este ano. Na pesquisa realizada em 2018, 2,1% dos consumidores declararam que pretendiam fazer suas compras na internet. Em 2022, na mesma data, 10,8% dos entrevistados já assumiam a possibilidade de fazer suas aquisições no e-commerce, um avanço de 414,2% nesta intenção, percentual 5 vezes maior.

“O comércio virtual, fortemente alavancado pelo cenário pandêmico, mostra-se cada vez mais forte nas datas comemorativas. Isto pode ser um nicho muito importante a ser abordado pelas empresas que pretendem alcançar novos mercados e consumidores através da internet”, finaliza José Arteiro.

Influência sobre a compra

Os dois principais motivos que devem levar os consumidores de São Luís a entrarem nas lojas este ano são os mesmos daqueles apresentados em 2019. As promoções e descontos aparecem com maior peso e encabeçam a lista com 44,8% e os preços dos artigos contemplam a 2ª posição com 38,4%. Outros atrativos que preenchem esse rol são a variedade de produtos (18,9%); a qualidade dos itens (17,8%); e o atendimento do vendedor (9,5%).

Comemoração da data

O Dia das Mães deste ano deve ter um bom nível de comemoração. Do total de entrevistados, 74,7% informaram que irão celebrar a data, revelando um aumento de 8,5% em comparação a 2019, quando 68,8% dos entrevistados declararam ter a mesma intenção. A flexibilização total das atividades e o fim das restrições econômicas e sociais decorrentes da Covid-19 contribuem para que mais pessoas possam comemorar.

Por ser uma data festiva mais caseira, a maioria dos consumidores (79%) declarou que deve passar o Dia das Mães em suas casas ou em residências de parentes, preferência que tem se mantido em pesquisas anteriores. As praias ou clubes são a escolha de 6,2% e os restaurantes atendem ao gosto de 5,7%. Neste ano, os shopping centers ou cinemas somaram apenas 5,5% da intenção dos consumidores, passando da 2ª posição na lista de 2019, para a 4ª posição em 2022.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.