Em São Luís

Passageiros reclamam de ônibus em situação precária

Mesmo após o reajuste de R$ 0,20 no valor das tarifas, os coletivos apresentam peças desgastadas e ultrapassam o tempo de uso permitido.

Imirante.com, com informações da TV Mirante

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h10
Os coletivos apresentam peças desgastadas e ultrapassam o tempo de uso permitido.
Os coletivos apresentam peças desgastadas e ultrapassam o tempo de uso permitido. (Foto: Divulgação/Redes sociais/Prefeitura de São Luís)

SÃO LUÍS - Em São Luís os passageiros que utilizam o transporte público reclamam da péssima condição dos ônibus que circulam na capital maranhense. Os coletivos apresentam peças desgastadas e ultrapassam o tempo de uso permitido, mesmo após o reajuste de R$ 0,20 no valor das tarifas.

“Devido ao aumento da passagem deveria estar melhor, tem ônibus quebrado e em péssimas condições”, afirma Josiane Almeida, usuária do transporte público.

Leia também:

Reajuste da tarifa de ônibus ainda repercute na Câmara de São Luís

SMTT fiscaliza cumprimento da circulação de 60% da frota de ônibus nesta quinta-feira em São Luís​

Aumento da passagem de ônibus passa a valer a partir deste domingo (27) em São Luís​

Segundo uma Lei Municipal de 1996, o tempo máximo para a circulação de ônibus é de, no máximo, sete anos. Apesar disso, vários coletivos da capital possuem mais de dez anos de uso.

Além das condições precárias dos ônibus, apenas 60% da frota está em circulação devido a greve dos rodoviários, que chegou ao 18° dia.

“Não tem contraproposta nenhuma da nossa proposta. A única decisão que tem é a liminar pra rodar com 60% da frota e isso tá sendo cumprido. Os donos das empresas e os gestores da cidade não tão lá pra escutar, quem escuta é o motorista e cobrador”, afirma Marcelo Brito, Presidente do Sindicato dos Rodoviários.

Apesar de pedido da TV Mirante, o Sindicato das Empresas de Transporte não enviou nota sobre a situação dos ônibus velhos que estão circulando em São Luís.

Frota reduzida

Na última quinta-feira (3) agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) realizaram uma fiscalização do cumprimento de uma determinação judicial sobre o percentual da frota de ônibus que deve circular.

A desembargadora Solange Cristina Passos de Castro, do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão), autorizou, na quarta-feira (23), a redução da frota de ônibus durante o movimento grevista na Grande São Luís. O percentual que estava circulando na capital maranhense antes da decisão era de 80%, e passou para 60%, com multa diária de R$ 50 mil em casos de descumprimento da decisão.

Segundo a SMTT, a fiscalização do cumprimento desta decisão é feita por meio do Centro de Controle e agentes de fiscalização nas garagens, ruas e terminais.

Reajuste da passagem

No dia 27 de fevereiro um novo aumento no preço das passagens dos ônibus do transporte coletivo urbano da capital maranhense começou a vigorar. O reajuste de R$ 0,20 foi anunciado na sexta-feira (25) pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte de São Luís (SMTT).

Com o novo aumento no preço das passagens do transporte público coletivo, a tarifa das linhas não integradas (aquelas que não entram nos terminais) sobe para R$ 3,40, e as integradas, agora, têm valor de R$ 3,90. Reajuste começou a valer a partir de 0h de hoje.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.