Grande Ilha

SL: nove trechos de praias estão impróprios para o banho

O laudo refere-se à ação de monitoramento realizada no período de 10 de janeiro a 7 de fevereiro.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h21
Trechos de praias que estão impróprios para o banho na Grande São Luís. (Foto: Divulgação/Sema)
Trechos de praias que estão impróprios para o banho na Grande São Luís. (Foto: Divulgação/Sema)

SÃO LUÍS - Um laudo divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) nessa sexta-feira (11) mostra que na orla da Grande São Luís há nove pontos de praia impróprios para o banho.

O laudo da Sema refere-se à ação de monitoramento realizada no período de 10 de janeiro a 7 de fevereiro e faz parte do acompanhamento semanal das condições de balneabilidade das praias da Ilha do Maranhão.

Ainda segundo a Sema, foram coletadas e analisadas amostras de água de 22 pontos distribuídos nas praias de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Desses pontos, 9 estão impróprios e 13 estão próprios para serem utilizados pelos banhistas.

Em São Luís, os pontos de poluição se encontram na:

Praia de São Marcos- na extensão que fica situada em frente ao prédio verde com o Heliporto e em frente à Banca de Jornal da Praça de Alimentação da avenida Litorânea.
Praia do Calhau – em toda a sua extensão
Praia Olho d'Água - a poluição se encontra em frente à descida da rua São Geraldo

Em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís, os banhistas deverão evitar o banho na praia do Meio, pois ela está com toda a sua extensão comprometida pela poluição.

Na Praia Olho de Porco, em Paço do Lumiar, também na Região Metropolitana da capital, o ponto poluído está em frente ao Las Vegas Bar e Restaurante.

Segundo a Sema, essa análise é realizada todo mês e a ocorrência de chuvas influencia negativamente na qualidade das águas das praias, considerando que ocorre maior carreamento de matéria orgânica oriunda da lavagem das vias públicas para os rios e, consequentemente, para os mares.

A recomendação dos especialistas é de que os banhistas não devem entrar ao mar durante o período em que a água estiver poluída, para evitar o contágio de doenças.

Veja a relação dos pontos próprios e impróprios

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.