Covid-19

Dino critica audiência pública sobre vacinação de crianças

Para governador, debate sobre o tema é perda de tempo e desperdício de dinheiro.

Gilberto Léda

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h42
Debate ocorreu na sede da Opas em Brasília (DF)
Debate ocorreu na sede da Opas em Brasília (DF) (Walterson Rosa/MS)

SÃO LUÍS - O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), ironizou, nesta terça-feira (4), a audiência púbica realizada pelo Ministério da Saúde para discutir a inclusão, ou não, de crianças de 5 a 11 anos na Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19.

Para o socialista, o debate sobre o tema foi perda de tempo e desperdício de dinheiro público.

"Próxima 'audiência pública' que essa gente vai promover será para debater se a terra é plana ou redonda. E a outra vai ser para revogar a lei da gravidade. Além do tempo perdido, jogam dinheiro público pela janela para atender caprichos e desvarios", disse Dino, no Twitter.

Ao todo, 18 especialistas e representantes de entidades e comissões participaram do debate no auditório da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) em Brasília (DF)

A audiência foi presidida pela Secretária Extraordinária de Enfrentamento à Covid do Ministério da Saúde, Rosana Leite. "Este é um momento importante e oportuno para o país uma vez que reunimos especialistas, representantes de sociedades científicas e das mais diversas entidades públicas para discutir um tema tão importante: a vacinação contra a Covid-19 de nossas crianças, que são o futuro do Brasil. A consulta pública mostra o compromisso do Governo Federal com o amplo debate entre o poder público e a sociedade para a implementação de políticas públicas, especialmente em relação a esta agenda”, contou..

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.