Comitiva presidencial no MA

Presidente Jair Bolsonaro inaugura ponte que liga Maranhão ao Piauí

Aproximadamente R$ 60 milhões foram investidos na construção da ponte.

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h03
 Jair Bolsonaro inaugurou a ponte por volta das 12h30. (Foto: Reprodução/TV Brasil)
Jair Bolsonaro inaugurou a ponte por volta das 12h30. (Foto: Reprodução/TV Brasil)

MARANHÃO – Nesta quinta-feira (20) o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visitou o Maranhão para inaugurar a ponte sobre o Rio Parnaíba, na BR-235, conhecida como ‘Ponte Estaiada’. A ponte liga a região do sul do Maranhão ao Piauí.

A ponte liga os municípios de Alto Parnaíba (MA) e Santa Filomena (PI), que ficam localizados a mais de 855 km de São Luís.Jair Bolsonaro inaugurou a ponte por volta das 12h30 ao lado dos ministros Fábio Faria, das Comunicações; Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, General Augusto Heleno, ministro chefe do GSI; o vereador Carlos Bolsonaro, do Rio de Janeiro e políticos locais.

Antes da chegada ao local da inauguração da ponte, a comitiva presidencial fez uma escala em Palmas, no Tocantins. Sem máscara, Bolsonaro cumprimentou apoiadores e provocou aglomeração no aeroporto. Em seguida, ele embarcou em um helicóptero com destino ao Maranhão.

No município de Alto Parnaíba, Jair Bolsonaro desfilou na garupa de uma moto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) a pé, sem capacete e máscara, ação similar a feita recentemente na Bahia e Mato Grosso, quando, em pé na porta de caminhonete, acionava a apoiadores.

A obra

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a ponte começou a ser construída em 2019 e possui 185 metros. Aproximadamente R$ 60 milhões foram investidos na construção.

Com 185 metros de extensão, a ponte Estaiada encurtará a distância entre produtores regionais e a Ferrovia Norte-Sul. Ao discursar, o ministro da Infraestrutura destacou o potencial da região do Matopiba que, segundo ele, terá condições de se tornar “um celeiro para o mundo”. “[Essa região] precisava de um olhar diferenciado. A riqueza e o futuro estão aqui, e o desenvolvimento virá para cá”, disse o ministro. Ele lembrou que, com a ponte e a pavimentação de 270 quilômetros planejados para a BR-235, “a gente vai ligar essa região à Ferrovia Norte-Sul, economizando quilômetros para chegarmos ao Porto de Itaqui”.

(Foto: Divulgação/Governo Federal)
(Foto: Divulgação/Governo Federal)

“A logística ficará mais barata e com isso o produtor vai investir mais. Essa região vai se desenvolver muito”, acrescentou ao lembrar que, para a população local, a ponte representará uma economia dos gastos que se tinha para fazer a travessia por meio de balsa.

“Hoje mesmo vamos autorizar outra ponte, que é a ligação de Ribeiro Gonçalves (PI) com Tasso Fragoso (MA), porque a BR-330 também é importante para o agronegócio. Está autorizado o procedimento licitatório. Vamos contratar e entregar a próxima ponte”, anunciou o ministro.

Bolsa Família

Entre as consequências da pandemia da Covid-19, o presidente destacou, também, a inflação sobre o preço dos alimentos. Diante desse cenário, ele acenou com a possibilidade de amenizar essa situação com os futuros reajustes previstos para o Bolsa Família.

“Hoje em dia, a média do Bolsa Família é de R$ 190. Estamos trabalhando para que, após o quarto mês da terceira etapa do auxílio emergencial, subamos o valor médio porque sabemos que, com esse período de pandemia, aumentou o preço da alimentação e de muitas outras coisas no Brasil. Temos de buscar soluções para que o povo recupere o seu poder aquisitivo. Mas isso passa pela não destruição de empregos; pelo não fechamento do comércio; e pela coragem de decidirmos ao lado da realidade”, argumentou o presidente.

Internet

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, presente ao evento, apresentou algumas novidades de sua pasta. “Estamos trazendo para Santa Filomena ponto de wi-fi para ter internet de graça”, disse ele, ao lembrar que, durante o atual governo, foi levada internet para 8,5 milhões de pessoas que até então não dispunham desse tipo de serviço.

“Internet é inclusão social e possibilita renda [para as pessoas]. Através do 5G [quinta geração de internet] vamos conectar os 40 milhões de brasileiros para os quais falta acesso. O Brasil tem 140 mil escolas. Destas, 48 mil vão receber internet 5G. Das escolas rurais, que são 50 mil, dez mil já receberam pontos de internet. Só restam, no Brasil, 13,5 mil escolas sem internet nas zonas rurais. Em nove meses não haverá nenhuma escola rural sem internet”, garantiu o ministro.

Presidente no Maranhão

Já no dia 21, segundo agenda do presidente, Bolsonaro irá a Açailândia para entregar títulos de terra. Este evento ocorrerá no Parque de Exposição Jose Egídio Quintal Filho. A assessoria da Presidência não informou quantos títulos de terra serão entregue pelo presidente.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.