Grécia

Incêndio de prédio durante protestos deixa três mortos

G1, com agências internacionais

- Atualizada em 27/03/2022 às 12h55

SÃO PAULO - Três pessoas morreram no incêndio de um prédio em que fica uma agência bancária nesta quarta-feira (5) durante protestos no centro de Atenas, segundo a polícia e os bombeiros.

O prédio teria pegado fogo após jovens terem lançado coquetéis molotov, durante manifestação contra o plano de austeridade do governo. Havia cerca de 20 pessoas no local.

Os jovens destruíram vitrines das lojas e marquises de pontos de ônibus com barras de ferro, sem a presença da polícia.

A polícia da capital entrou em estado de alerta por conta dos confrontos.

Mais cedo, a polícia havia lançado gás lacrimogêneo contra um grupo de jovens que teria tentado romper um bloqueio policial em frente ao parlamento do pais.

Os manifestantes protestam contra o pacote de austeridade anunciado pelo governo no sábado.

Dezenas de jovens jogaram coquetéis molotov contra as vitrines de lojas e bancos, o que provocou vários pontos de incêndio. Os jovens destruíram vitrines das lojas e as marquises dos pontos de ônibus com barras de ferro, em locais sem a presença da polícia.

A Grécia amanheceu praticamente paralisada por uma greve geral, a terceira desde fevereiro, convocada pelos sindicatos.

O plano de austeridade foi imposto pelo governo socialista de Giorgos Papandreou em troca de uma ajuda financeira da União Europeia (UE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Os transportes aéreos, marítimos e ferroviários estão parados, a maioria das escolas e administrações públicas fechadas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.