Candidatos fazem última mobilização em São Luís

Agência Nordeste

- Atualizada em 27/03/2022 às 15h29

SÃO LUÍS - O PT e o PSB encerraram ontem a campanha eleitoral deste primeiro turno no Maranhão. O PSB, sob o comando do deputado estadual e candidato a vice-presidente da República, José Antônio Almeida, realizou uma carreata que saiu do aeroporto do Tirirical, cruzou toda a capital maranhense e terminou na Lagoa da Jansen, de acordo com o jornal O ESTADO DO MARANHÃO.

A carreata foi mais um esforço dos socialistas para levar o presidenciável Anthony Garotinho ao segundo turno das eleições. O candidato do PSB, Ricardo Murad, encerrou a campanha com um comício em Coroatá, cidade em que já foi prefeito.

Já o PT escolheu a Praça Deodoro como local para a última manifestação pública. Cerca de 2 mil pessoas foram ao local para ouvir o ex-sindicalista Raimundo Monteiro. Ele discursou ao lado de vários candidatos da legenda, como o ex-deputado Domingos Dutra. Num discurso inflamado, Monteiro agradeceu à militância e voltou a pedir apoio a Lula, para o petista vencer as eleições presidenciais ainda no primeiro turno. Ele disse que durante a campanha conheceu melhor o estado que pretende governar. Para o ex-sindicalista, o maior problema do Maranhão é o desemprego. “Se o Lula e eu, como governador, resolvermos esse problema, as outras coisas ficam mais fáceis”, declarou. “As pesquisas não têm me tratado muito bem, mas sempre nós temos dado a volta por cima nesta reta final de campanha”, reconheceu Monteiro. O candidato conclamou a militância para um esforço final com o objetivo de convencer os últimos indecisos. Ele também pediu que os militantes trabalhem pelos candidatos a deputado do partido para que, caso eleito, Lula possa ter ao seu lado uma bancada forte. Ao comentar o debate realizado anteontem pela TV Mirante, ele disse que, apesar da rigidez das regras, conseguiu passar sua mensagem aos telespectadores.

O comício do PT foi animado pelo repentista Juca do Bolo e a Banda Nova Geração. Durante o dia foram realizadas caminhadas e carreatas pela cidade. Para hoje está programada a “caminhada do cochicho”. Como a legislação eleitoral proíbe manifestações políticas públicas barulhentas a partir de hoje, os petistas vão sair da praça João Lisboa até a Deodoro mantendo conversas de pé de ouvido com as pessoas no sentido de conseguir adesões de última hora.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.