Apreensão

Presas duas irmãs suspeitas de transportar 22 tabletes de maconha

A Senarc efetuou a prisão em Santa Inês e droga estava vindo de Minas Gerais impregnada com café, mas acabou sendo localizada pelo cão farejador.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h27
A maconha foi apreendida dentro do ônibus, em Santa Inês
A maconha foi apreendida dentro do ônibus, em Santa Inês (Divulgação)

SANTA INÊS - Duas irmãs, de nomes não revelados, foram presas nesta quarta-feira (2) na cidade de Santa Inês suspeitas de transportar 22 quilos de maconha do Estado de Minas Gerais para o Maranhão.

A polícia informou que a droga estava impregnada com café objetivando mascarar o odor, mas foi localizada pelo cão farejador da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).

Leia também em:

VÍDEO: nove tabletes de maconha são apreendidos com passageiro de ônibus na BR-010

Três homens são presos com LSD e 20 quilos de maconha em Santa Inês

A equipe da Senarc estava ciente que as irmãs chegariam durante esta semana ao município de Santa Inês e traziam droga do estado mineiro para ser comercializada nas cidades do interior do estado.

Ainda de acordo com a polícia, foi montada uma barreira policial na BR-222 durante o período da madrugada de quarta-feira (2) e as suspeitas foram abordadas dentro de um ônibus interestadual. Os policiais, com o apoio do cão farejador, fizeram uma revista nesse veículo e acharam 22 tabletes de maconha impregnados com café dentro de duas caixas. As irmãs foram presas e autuadas pelos crimes de tráfico de entorpecente e associação para o tráfico.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.