Internacional

Ministro russo afirma que avião que caiu neste sábado (31), no Egito, não foi alvo de terroristas

Um grupo egípcio ligado ao Estado Islâmico afirmou ser o responsável pelo queda do avião - que matou 224 pessoas.

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h38

RÚSSIA - São falsas as informações de que o avião russo que caiu na manhã deste sábado no Egito foi alvo de atentado terrorista. A afirmação é do ministro dos Transportes da Rússia, Maxim Sokolov.

“Em alguns meios de comunicação, surgiram informações sobre o avião de passageiros russo, que voava de Sharm el-Sheik para São Petersburgo, ter sido atingido por um míssil lançado por terroristas. Esta informação não pode ser considerada verdadeira”, afirmou Sokolov.

Um grupo egípcio ligado ao Estado Islâmico afirmou, por meio de uma rede social, ser o responsável pela queda do avião – que ocasionou na morte de 224 pessoas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.