Resumo da semana

Confira os destaques na área policial no Maranhão nos dias 19 a 23 de setembro

Vários crimes aconteceram no Maranhão e um dos casos foi uma mulher que teria tentado matar o próprio filho, em Barra do Corda.

Imirante.com

- Atualizada em 30/09/2022 às 10h59
Ocorreram vários crimes durante a semana no Maranhão.
Ocorreram vários crimes durante a semana no Maranhão. (Foto: André Nadler)

MARANHÃO - A semana foi marcada por vários crimes em todo o Estado. Uma mulher tentou matar o próprio filho bebê em Barra do Corda. Segundo a polícia, ela ainda chamou a criança de “besta-fera”. Na cidade de Amarante do Maranhão, o suspeito de matar indígena é preso por determinação judicial.

Na Grande Ilha, adolescente de 17 anos foi executado em frente à casa da namorada, na área da Vila Embratel. A vítima foi baleada na cabeça, no ombro, nas pernas, nas mãos e nos braços e o caso é investigado pela Polícia Civil. Veja o resumo da semana: 

 

Segunda-feira, 19 de setembro

Suspeito de ser o mandante da morte do empresário é ouvido na SHPP, em São Luís: um empresário do ramo de posto de combustível estaria envolvido nesse homicídio, que aconteceu na cidade de Turiaçu, interior do Maranhão.

Mãe é presa suspeita de tentar matar o próprio filho bebê em Barra do Corda: a vítima estava dormindo quando sofre a agressão física e a suspeita teria chamado a vítima de “besta-fera”.


Terça-feira, 20 de setembro

Adolescentes confessam participar do assassinato de moradora de Timon: o corpo da vítima foi encontrado boiando na água do rio Parnaíba, na capital piauiense, com sinais de violência.

Assaltantes são mortos em confronto com a PM após roubo em joalheria: o caso aconteceu em Açailândia, no interior do Maranhão, e um motorista de aplicativo foi feito refém pelos criminosos.


Quarta-feira, 21 de setembro

Suspeito de matar indígena Guajajara é preso em Amarante do Maranhão: a prisão foi em cumprimento de ordem judicial e a vítima foi assassinada a tiros quando voltava de uma festa, na Terra Araribóia.

Suspeito de agredir a própria mãe, de 70 anos, é preso em Icatu: o preso tem 29 anos e está respondendo pelo crime de violência doméstica no presídio.


Quinta-feira, 22 de setembro

Trio suspeito de explodir cofre de uma empresa de segurança privada é preso durante operação policial: as prisões ocorreram no Maranhão e no estado de Minas Gerais por determinação judicial. 

Suspeito de estuprar criança com transtorno mental é preso em Zé Doca: a vítima tem 12 anos e, segundo a polícia, passou a ter um comportamento agressivo após te sido violentada sexialmente.

 

Sexta-feira, 23 de setembro

Adolescente é executado em frente à casa da namorada, na área da Vila Embratel, em São Luís: a vítima foi baleada na cabeça, no ombro, nas pernas, nas mãos e nos braços e o caso é investigado pela SHPP.

Suspeitos de matarem empresário que foi confundido com policial em casa de festas são presos: o crime aconteceu no dia 21 de agosto deste ano, no Alto do Itapiracó e a vítima levou mais de 23 lesões de arma de fogo.


 


 


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.