Projeto Comprova

Vídeo que mostra confusão entre petistas de Sergipe é de 2013 e não envolve ato de Lula

As imagens foram gravadas na cidade, mas em 2013, durante o Processo de Eleições Diretas (PED) do Partido dos Trabalhadores (PT), que ocorreu em todo o país naquele ano.

Projeto Comprova

- Atualizada em 01/10/2022 às 16h11
Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)

BRASIL - É falso que vídeo mostra confusão para "pagar o povo que foi participar do ato de Lula" em Aracaju (SE) na atual campanha eleitoral. As imagens foram gravadas na cidade, mas em 2013, durante o Processo de Eleições Diretas (PED) do Partido dos Trabalhadores (PT), que ocorreu em todo o país naquele ano.

Conteúdo investigado: Vídeo, publicado no TikTok, mostra uma confusão entre pessoas vestidas de vermelho. Um homem que está no centro das imagens grita bastante e xinga. Outra mulher diz que ele estaria ganhando dinheiro. No vídeo, foram inseridos dois textos: “Ato de Lula em Aracaju” e “confusão para pagar o povo que foi participar do ato de Lula”.

Onde foi publicado: Twitter, TikTok e Facebook.

Conclusão do Comprova: Confusão mostrada em vídeo não aconteceu após ato do ex-presidente e candidato à Presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Aracaju, Sergipe, como afirma post no TikTok. O registro, na verdade, foi feito em novembro de 2013 durante Processo de Eleições Diretas (PED) do Partido dos Trabalhadores, que ocorreu em todo o país naquele ano. No processo, os filiados à legenda devem escolher presidente da sigla a nível nacional e estadual.

No vídeo, é possível identificar o senador Rogério Carvalho (PT-SE), que atualmente concorre ao governo do estado, mas ele está com os cabelos escuros. Em 2022, o parlamentar está com os cabelos grisalhos. A assessoria do PT em Sergipe confirmou ser o político no vídeo e afirmou se tratar de um registro de 2013 feito em Aracaju.

Na publicação, também é possível identificar o número 180 escrito na camisa das pessoas. O número não é usado pelo PT em eleições federais e nem estaduais. Além disso, nenhum candidato ao Senado (cargo em que o número do candidato tem três números) por Sergipe, em 2022, está usando o número 180, conforme o DivulgaCand.

Em buscas no Twitter, foi possível confirmar que o número 180 foi o usado por Rui Falcão para concorrer ao cargo de presidente nacional do PT em 2013. Além disso, uma reportagem do G1 daquele ano sobre as eleições internas do partido mostra as pessoas usando a mesma camiseta que aparece no vídeo.

Lula, que atualmente faz campanha para a Presidência da República, esteve em Aracaju em 18 de junho deste ano. Na ocasião não foram registrados tumultos.

Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade.

Alcance da publicação: Até o dia 1º de outubro, o vídeo no TikTok tinha 6.029 curtidas, 1.359 comentários e 6.021 compartilhamentos. No Facebook, a publicação tinha 3,8 mil comentários e 197 mil visualizações. No Twitter, apenas uma das publicações somou 1.055 compartilhamentos e 2.467 curtidas.

O que diz o autor da publicação: O vídeo foi postado no TikTok. No perfil, tem a identificação de que a pessoa trabalha na prefeitura de Novo São Joaquim (MT). Como a rede social não permite envio de mensagens entre perfis que não se seguem, o Comprova procurou o nome do perfil no Google. O resultado encontrou uma página de um escritório de contabilidade em Novo São Joaquim, que tem um número de contato de WhatsApp. A equipe enviou uma mensagem, mas até o momento não teve retorno.

Como verificamos: Para fazer a verificação, o primeiro passo foi procurar em que outros locais o vídeo foi postado. Encontramos uma publicação no Twitter, de junho de 2022. Nos comentários do post, algumas pessoas apontavam que o homem no centro da imagem seria o senador e candidato ao governo de Sergipe, Rogério Carvalho, e que as imagens seriam antigas. Também havia um comentário que falava que a situação tinha acontecido no Sindicato dos Bancários.

Procuramos então as assessorias do PT em Sergipe, do PT Nacional, de Rogério Carvalho e do Sindicato dos Bancários. O PT em Sergipe explicou que as imagens seriam de uma eleição interna do partido em 2013.

Para confirmar se a informação realmente procedia, o Comprova procurou no Google e no Twitter, usando a ferramenta de busca por data, informações sobre a eleição interna daquele ano. A busca encontrou notícias no Estado de Minas e no G1. Na reportagem do G1, é possível comparar a roupa usada pelas pessoas no vídeo checado.

A equipe também procurou no DivulgaCand, ferramenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se algum candidato ao Senado por Sergipe está usando o número 180, que aparece nas camisetas das pessoas no vídeo, nas urnas. Também comparamos as imagens atuais do senador Rogério Carvalho com as do vídeo, nelas é possível ver que o parlamentar está com a aparência mais envelhecida agora.

Por fim, tentamos contato com o autor da publicação.

Vídeo foi gravado nas Eleições Diretas do PT em 2013

O conteúdo foi gravado durante o Processo de Eleições Diretas do PT que ocorreu em todo o país em 2013. Nele aparece Rogério Carvalho – na época deputado federal e atualmente senador e candidato do partido ao governo de Sergipe – discutindo com outros militantes.

Naquele ano, Rui Falcão foi eleito presidente nacional do partido e concorreu com o número 180, como mostram publicações da época em redes sociais (1, 2 e 3). Além disso, nenhum dos sete candidatos ao Senado de Sergipe em 2022 usa o número 180 nestas eleições.

O número está estampado em camisetas vestidas por várias pessoas que aparecem no vídeo e é visível mesmo com a péssima resolução do material. Uma reportagem exibida pelo jornal Bom Dia SE, da TV Sergipe, afiliada à Rede Globo, traz imagens daquele período. Nelas, é possível ver pessoas trajando a mesma vestimenta:

Captura do vídeo verificado realizada pelo Comprova. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Captura do vídeo verificado realizada pelo Comprova. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Captura realizada pelo Comprova de reportagem exibida em 2013 pelo telejornal Bom Dia SE, da TV Sergipe. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Captura realizada pelo Comprova de reportagem exibida em 2013 pelo telejornal Bom Dia SE, da TV Sergipe. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)

Outra prova de que o vídeo não é atual são as características físicas de Rogério Carvalho. Nas imagens verificadas ele está com os cabelos escuros, mas atualmente os apresenta grisalhos:

Captura do vídeo investigado feita pelo Comprova mostra cabelos escuros de Rogério Carvalho. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Captura do vídeo investigado feita pelo Comprova mostra cabelos escuros de Rogério Carvalho. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Foto de ato de Lula em Sergipe, em junho de 2022, publicada no site do PT. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Foto de ato de Lula em Sergipe, em junho de 2022, publicada no site do PT. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)

Lula esteve em Sergipe no dia 18 de junho deste ano e realizou ato no Centro de Convenções, no Bairro Inácio Barbosa, em Aracaju. Na ocasião, conforme pesquisa feita pelo Comprova, não foram noticiados tumultos.

A camiseta utilizada por Rogério Carvalho no ato de Lula e no vídeo também é diferente. Nas imagens verificadas, ele está com uma blusa vermelha e sem estampa. Já no dia em que Lula esteve na cidade, o candidato ao governo de Sergipe vestia roupa estampando o rosto do ex-presidente:

Captura do vídeo investigado, feita pelo Comprova, mostra camiseta de Rogério Carvalho sem estampa. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Captura do vídeo investigado, feita pelo Comprova, mostra camiseta de Rogério Carvalho sem estampa. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Transmissão ao vivo do ato de Lula em Aracaju, em junho deste ano, mostra Rogério Carvalho vestindo camiseta estampada. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
Transmissão ao vivo do ato de Lula em Aracaju, em junho deste ano, mostra Rogério Carvalho vestindo camiseta estampada. (Foto: Divulgação / Projeto Comprova)

A assessoria de comunicação do PT em Sergipe confirmou que o vídeo em questão se trata de um episódio ocorrido em 2013, durante votação interna do partido, e destacou ser possível verificar a temporalidade do material citando que Rogério Carvalho está visivelmente mais jovem nas imagens verificadas. “Lamentavelmente, o material, que é absolutamente antigo, tem sido usado de maneira descontextualizada com o objetivo de enganar o eleitor sergipano”, diz o partido.

(Foto: Divulgação / Projeto Comprova)
(Foto: Divulgação / Projeto Comprova)

O secretário de Comunicação do PT em Sergipe, Plínio Pugliesi, explicou ao Comprova que as imagens foram registradas na sede do Sindicato dos Bancários em Aracaju, quando Rogério concorria à presidência estadual do partido, eleição que venceu. “Por ser um processo eleitoral interno do partido, marcado tradicionalmente por disputas acirradas, aconteceu essa tensão entre ele e alguns militantes, que logo depois foi superada internamente, mas hoje está sendo divulgado em forma de fake news”, declarou.

Por que investigamos: O Comprova investiga conteúdos suspeitos que viralizam nas redes sociais sobre as eleições presidenciais, políticas públicas e a pandemia. Durante o período que antecede as eleições no Brasil, muitos conteúdos estão sendo divulgados com o objetivo de tumultuar o processo eleitoral e a escolha do eleitor. O vídeo aqui verificado apresenta uma informação falsa envolvendo o presidenciável Lula. A população deve escolher seus candidatos com base em informações verdadeiras e confiáveis.

Outras checagens sobre o tema: Em verificações recentes sobre as eleições, o Comprova mostrou que não há evidências de que urnas tenham chegado a Cordeiro (RJ) com votos já registrados, ao contrário do que afirma áudio, que apoiador que tirou foto com Bolsonaro em Garanhuns não é tio de Lula, diferentemente do que diz post e que queixas sobre urnas devem ser registradas com o presidente da mesa, não em aplicativo do TSE.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.