Explicações

Advogado-geral da União vai à Câmara explicar defesa de ex-funcionária de Boslonaro

Ministério Público Federal denunciou a ex-assessora parlamentar por improbidade administrativa.

Agência Câmara

Audiência com Bruno Bianco ocorrerá na quarta-feira
Audiência com Bruno Bianco ocorrerá na quarta-feira (Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

BRASÍLIA - A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados ouve nesta quarta-feira (1º) o advogado-geral da União, Bruno Bianco Leal, sobre a atuação do órgão na defesa da ex-funcionária do presidente Jair Bolsonaro conhecida como Wal do Açaí.

Walderice Santos da Conceição foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF) por improbidade administrativa diante da suspeita de ser funcionária fantasma.

O deputado Elias Vaz (PSB-GO), que pediu a audiência, afirma que Walderice era secretária parlamentar de Bolsonaro quando ele ainda era deputado federal e, ao mesmo tempo, tinha como principal atividade um comércio em Angra dos Reis (RJ), chamado Wal Açaí.

"O MPF apontou também que o então deputado Jair Bolsonaro tinha conhecimento de que Walderice não prestava os serviços correspondentes ao cargo e, mesmo assim, atestou falsamente a frequência dela ao trabalho em seu gabinete", critica Elias Vaz.

O Ministério Público pede que Walderice e Bolsonaro sejam condenados por improbidade administrativa e devolvam os recursos públicos indevidamente desviados.

A audiência com o advogado-geral será realizada no plenário 9 a partir das 10 horas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.