Desistiu

João Doria retira pré-candidatura à Presidência da República

Ex-governador admitiu não ser ele a escolha do partido para a disputa das eleições 2022.

Ipolítica com portal G1

João Doria desistiu de pré-candidatura à Presidência da República
João Doria desistiu de pré-candidatura à Presidência da República (Reprodução)

SÃO PAULO - O ex-governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), desistiu de disputar a Presidência da República. 

O anúncio oficial foi feito no início da tarde desta segunda-feira. Doria justificou a decisão com o argumento de que ele entendeu não ter sido a escolha do PSDB para a disputa do mês de outubro deste ano. 

O PSDB conversa com o MDB e com o Cidadania para lançar a pré-candidatura da senadora Simone Tebet ao Governo Federal.

Leia também: Deputada Mical Damasceno sofre grave acidente em rodovia federal

"Para as eleições deste ano me retiro da disputa com o coração ferido, mas com a alma leve", disse Doria. 

A decisão do tucano é anunciada um dia antes de a executiva do PSDB se reunir para definir como o partido se posicionará na disputa presidencial de outubro.

No encontro desta segunda-feira, a cúpula do PSDB reformou o pedido para Doria retirar a candidatura para consolidar o nome da senadora Simone Tebet como candidata da terceira via. 

Bruno Araújo, presidente do PSDB, estava presente na reunião e no pronunciamento do ex-governador. O ex-governador afirmou que o Brasil "precisa de uma alternativa para oferecer aos eleitores que não querem os extremos". 

"Hoje, neste 23 de maio, serenamente, entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB. Aceito esta realidade de cabeça erguida", afirmou o ex-governador.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.