Economia

Dólar sobe e fecha o dia cotado R$ 5,07; alta acumulada é de 2,63%

Alta da moeda foi impulsionada pela criação de 428 mil empregos

Agência Brasil

Dólar teve alta de 1,13% nesta sexta-feira (6).
Dólar teve alta de 1,13% nesta sexta-feira (6). (Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

SÃO PAULO - Pela segunda vez nesta semana, o dólar fechou o pregão de hoje (6) em alta, que ficou em 1,13%. A moeda norte-americana foi negociada a R$ 5,0733 para venda - maior valor desde o dia 16 de março, quando estava sendo negociada a R$ 5,0917.

No acumulado desta semana, o dólar aumentou 2,63%. Entretanto, considerando todo o ano de 2022, a moeda desvalorizou 8,97% ante o real.

A cotação oscilou de R$ 5,008 (-0,17%) a R$ 5,1154 (+1,97%) - este o maior preço também desde 16 março.

A mínima foi batida logo depois de os EUA divulgarem dados sobre o mercado de trabalho, que teve criação de mais de 428 mil novos postos. Segundo informa a agência de notícias Reuters, há indícios de que o Federal Reserve (Fed, equivalente ao Banco Central dos EUA) deverá continuar com a escalada de juros para conter a inflação criada pela injeção de auxílios do governo durante a pandemia de covid-19 e a alta do petróleo em decorrência da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Com isso em mente, operadores retornaram às compras, o que impulsionou a cotação às máximas do dia. O dólar perdeu um pouco de fôlego no decorrer do pregão, à medida que as bolsas de valores em Nova York deixaram os menores níveis da sessão.

Já o Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, encerrou a semana com recuo tímido, em pregão que alternou altas e baixas, e com o mercado também influenciado pelos números do emprego nos Estados Unidos.

O índice caiu 0,16%, a 105.134,73 pontos, o que representa queda de 2,5% na semana, a quinta baixa semanal seguida. A última vez que o índice havia tido uma sequência tão longa de recuos foi de setembro a outubro de 2020; antes disso, a maior sequência havia sido registrada entre maio e junho de 2018. O volume financeiro da sessão foi de 31,7 bilhões de reais.

Em Wall Street, os principais índices de ações caíram entre 0,3% e 1,4%, também em sessão volátil.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.