Economia

Consumo de bens industriais cai 2,3% em janeiro, diz Ipea

Queda veio depois de uma alta de 1,1% em dezembro.

Vitor Abdala / Agência Brasil

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h00
Ipea divulgou Indicador de Consumo Aparente de Bens Industriais nesta quinta-feira (24).
Ipea divulgou Indicador de Consumo Aparente de Bens Industriais nesta quinta-feira (24). (Foto: CNI/José Paulo Lacerda)

BRASÍLIA - O Indicador de Consumo Aparente de Bens Industriais, divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), recuou 2,3% em janeiro deste ano, na comparação com o mês anterior. A queda veio depois de uma alta de 1,1% em dezembro.

De acordo com o indicador do Ipea, divulgado hoje (24), a produção brasileira destinada ao consumo nacional recuou 2,2%. A demanda interna por bens da indústria de transformação caiu 3,2%, enquanto o crescimento da extrativa mineral foi de 0,6%.

Apenas três dos 22 segmentos da indústria pesquisados tiveram aumento no período. O segmento de outros equipamentos de transporte apresentou o pior resultado, com recuo de 23,6%. Por outro lado, o segmento petróleo e derivados foi o destaque positivo, com alta de 2%.

Já a importação de bens industriais caiu 2,4% de dezembro para janeiro, segundo a pesquisa divulgada hoje.

O consumo aparente de bens industriais recuou 7,7% na comparação com janeiro de 2021 e 3,8% no trimestre encerrado em janeiro de 2022. No acumulado de 12 meses, no entanto, o indicador apresentou alta de 6,6%, com crescimentos de 2,7% dos bens nacionais e de 25,8% de bens importados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.