Questão prisional: em 2007 serão 500 mil

Agência Brasil

- Atualizada em 27/03/2022 às 15h29

Brasília - O diretor do Departamento Penitenciário Nacional, do Ministério da Justiça, Ângelo Roncalli Barros, abriu nesta terça-feira o ciclo de palestras sobre a Questão Prisional no Brasil, promovido pelo Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), informando que a população carcerária no Brasil é de 270 mil presos, com projeção de que este contigente chegue a 500 mil presos em 2007.

O encontro reúne engenheiros e arquitetos que participarão do concurso público para a escolha de um presídio modelo, cujo objetivo é a projeção de prédios que possibilitem a recuperação do preso. Para Roncalli, as penitenciárias devem ter celas adequadas, salas de aula dimensionadas de acordo com a quantidade de presos no estabelecimento, bibliotecas, laboratórios que facilitem a realização de exames médicos e oficinas onde o preso aprenda uma profissão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.