Pergentino Holanda

Reencontro com Niêde Buhatem e filhas no Tasquinha

E mais: Antonio Saboia na pré-estreia de "Curral" no Rio de Janeiro e uma presença capixaba no Cabana do Sol.
PH15/11/2021 às 12h20
Repórter PH com Niêde e filhas no Tasquinha

Reencontro da mais fraterna amizade no movimentado fim de semana do restaurante Tasquinha, na Lagoa: o Repórter PH com as amigas Niêde Lima Buhatem e suas filhas Flávia Buhatem Gonçalves e Márcia Buhatem. Quem esteve por lá na última sexta-feira só teve aplausos para o serviço e os deliciosos quitutes da casa do grupo Ferreiro Grill

Almir Sater: 65 anos

Um dos mais importantes representantes da música regional, com canções de sucesso e uma carreira com mais de 40 anos, o cantor, compositor, violeiro e ator Almir Sater completou ontem 65 anos e o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) fez um estudo sobre a sua obra musical, destacando as canções mais ouvidas no país.

“Tocando em frente”, parceria com Renato Teixeira, figurou entre as mais gravadas de sua autoria até hoje e foi também a mais tocada no Brasil nos últimos 10 anos nos principais segmentos de execução pública de música.

Nesse último ranking, também fazem parte do top 3 as canções “Um violeiro toca”, feita também com Renato Teixeira, e “Comitiva esperança”, parceria com Paulo Simões.

Almir Sater...2

Almir Sater representa o que de melhor há na nossa música de raiz. É o artista que dignifica e personaliza o cidadão brasileiro e expressa musicalmente a cadeia produtiva da agricultura, da pecuária e dos sabores e cheiros do nosso sertão. E assim a chalana vai percorrendo a alma sertaneja.

Nascido em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, em 14 de novembro de 1956, Almir Sater tem 110 composições autorais e 261 gravações com sua participação no banco de dados do Ecad. Nos últimos 10 anos, mais de 85% de seus rendimentos em direitos autorais foram provenientes dos segmentos de TV e Show.

O artista é filiado à Abramus (Associação Brasileira de Música e Artes), uma das associações de música que administram o Ecad e é responsável pelos repasses ao artista.

Antonio Saboia e Thomás Aquino

A pré-estreia de “Curral”, filme de Marcelo Brenand, no Rio de Janeiro, marcou o reencontro de dois galãs do atual cinema brasileiro. O franco-maranhense Antonio Sabóia foi prestigiar Thomás Aquino, protagonista do filme. Os dois estavam no elenco de “Bacurau” e poderão ser vistos juntos novamente no aguardado “Deserto particular”, cujo protagonista é Sabóia e foi indicado pelo Brasil para concorrer ao próximo Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

Blue Tree São Luís Hotel

Para tornar o feriado do Dia da Proclamação da República mais divertido e proporcionar momentos de lazer, o Blue Tree São Luís Hotel preparou uma edição especial do Blue Day com direito a uma Pool Party.

A programação na área da piscina é uma excelente opção para a família toda desfrutar do feriado desta segunda-feira com muita alegria e segurança.

Hoje será montado um buffet na piscina, será oferecida recreação aquática e contará com a presença da Banda Mix in Brasil para animar a festa e celebrar a vida. Além disso, vale ressaltar a incrível área aberta como ótima opção para lazer e descanso.

A diretora geral do Blue Tree, Jacira Haickel, destaca que a Pool Party foi preparada para promover um momento especial de descanso e diversão, sem sair da Ilha.

Maranhensidade

Tem qualquer coisa de maranhense na cadeira que vai ser ocupada pelo baiano Gilberto Gil na Academia Brasileira de Letras (ABL).

Eleito o mais novo imortal da Casa de Machado de Assis na última quinta-feira, o cantor, compositor e ex-ministro da Cultura entrou para o seleto grupo uma semana após admitir a atriz Fernanda Montenegro. E ocupará a cadeira de número 20, que estava vaga desde a morte do jornalista Murilo Melo Filho, em 27 de maio de 2020.

Na votação, Gil superou o poeta maranhense Salgado Maranhão (7 votos) e o escritor Ricardo Daunt (nenhum voto).

Vale lembrar que a cadeira 20 foi fundada por Salvador de Mendonça e teve entre seus ocupantes mais ilustres o escritor maranhense Humberto de Campos.

República

Novembro tem muitas datas e todas passam ao largo da cidadania em fuga, ou sob a forma de escapadas para o litoral ou em desconhecimento puro e simples.

O 15 de novembro, por exemplo, está passando em brancas nuvens. Data da Proclamação da República, como nos ensinavam na escola, devemos encarar o Brasil de frente, país que herdamos inteiro e vamos deixar aos frangalhos para nossos descendentes. Não se vê nada sobre a Proclamação da República na mídia. Fizeram feriado, com direito à folga nesta segunda-feira, e pronto.

Viva as férias, por mim ninguém teria que encher o saco nos empregos. O que me invoca é o que fazem com as datas.

Moro não montou no cavalo

O grande fato político da semana que passou foi a decisão do polêmico ex-juiz Sergio Moro de entrar de vez no jogo da sucessão.

Em 2018, ele foi convidado a largar a magistratura para ser candidato a presidente da República, mas recusou com o argumento de que não era político. Estava no auge da popularidade, mas deixou o cavalo passar encilhado.

À época, seria acusado de ter agido politicamente nos processos em que condenou o ex-presidente Lula e que resultaram na sua prisão, mas teria conquistado o voto de uma centro-direita órfã, que se jogou nos braços de Bolsonaro.

Moro tornou-se político no dia em que aceitou trocar a toga pelo cargo de ministro da Justiça.

O cavalo sem arreios

Sergio Moro, por quem eu confesso não ter a menor simpatia, agora tentará montar o cavalo em pelo, sem arreios. É possível que chegue ao destino, segurando o bicho apenas com uma corda ou agarrado nas crinas? É, mas há quem diga ser quase impossível.

O ex-juiz encontrará na carreira o ex-presidente a quem condenou e o presidente a quem serviu e dele saiu sendo acusado de ter cuspido no prato que comeu. São eles que lideram as pesquisas de hoje e têm parcela fiel do eleitorado que os segue de olhos fechados.

No caminho para o Planalto, Moro enfrentará o ódio das torcidas de Lula e Bolsonaro, que costumam ser cruéis com os inimigos. Sua base na largada são as “viúvas” da Lava-Jato, os eleitores que ainda procuram um nome “de fora da política” (ainda que não seja seu caso) e os que não se importam com sua inexperiência administrativa porque têm o combate à corrupção como única bandeira.

PH com Núbia Silva e o casal Elly e André Jardins

Bela presença no jantar de domingo no Cabana do Sol: Núbia Silva, loura capixaba de grande charme que, sozinha, caminhou do Hotel Luzeiros até o restaurante, na Ponta do Farol, e saboreou os deliciosos quitutes da casa. Ainda na noite borbulhante, fez amizade com este Repórter PH (temos amigos comuns em Vitória do Espírito Santo) e com o casal Elly e André Jardins, que está circulando na cidade, ainda ganhando aplausos pela linda noite cultural que realizaram no último dia 5 de novembro, em Presidente Dutra

DE RELANCE

Festa de Réveillon

Sinal verde para as festas de Réveillon em São Luís. Uma que promete está sendo organizada pelo Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Maranhão em parceria com a Cruz Vermelha Brasileira no estado, a ser realizada no Clube do Araçagy, com vasta programação musical. As presenças confirmadas são o grupo de samba As Brasileirinhas, o cantor Andson Mendonça, a bateria da Escola de Samba Turma de Mangueira e o Bumba Meu Boi da Maioba. Segundo o inspetor Antônio Noberto, presidente do Sindicato, quem prestigiar o evento terá direito a open bar e open food. Além disso, assistirá a uma grande queima de fogos para brindar 2022.

Ato político concorrido

Um grande ato político marcou a visita do pré-candidato ao Governo do Maranhão e ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, a Monção, na região do Vale do Pindaré. O evento reuniu centenas de lideranças, da sede e zona rural, além de vereadores, ex-vereadores e lideranças políticas de municípios vizinhos, como Pindaré-Mirim e Santa Inês. Todos unânimes na manifestação de apoio ao projeto do pessedista de disputar as eleições estaduais em 2022. O presidente da Associação Comercial de Monção, Oliveirus Silva Sousa, também reafirmou apoio à pré-candidatura do ex-prefeito de São Luís na disputa pelo Palácio dos Leões nas eleições do ano que vem.

Othelino Neto em Pinheiro

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, ao lado da vice-prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato, participou, na última sexta-feira à noite, naquela cidade, da inauguração da Arena Deputado Zé Genésio, um espaço voltado para a prática e competições de vaquejada, esporte que já é tradição na cidade e região. O chefe do Legislativo estadual também estava acompanhado do senador Weverton Rocha, do prefeito Luciano Genésio, de vereadores e lideranças locais.

Provas do Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 está marcado para acontecer nos dias 21 e 28 de novembro. Ao todo, 3.109.762 pessoas se inscreveram para a prova. Destes, 68.891 participarão da versão digital do Enem. O cartão de confirmação de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 foi liberado por volta das 11h30 do dia 3 de novembro, por meio da Página do Participante do Enem. No entanto, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) está alterando os locais de provas de alguns participantes inscritos no exame. O Portal Nacional da Educação também reforça a necessidade de levar o cartão de confirmação de local de prova impresso no primeiro dia de aplicação do Enem.

Visão monocular

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, promulgou a Lei 11.583/2021, originária do Projeto de Lei 243/2020, de autoria do deputado Yglésio Moysés, que obriga a inserção do símbolo indicativo de pessoa com visão monocular nas placas que sinalizam atendimento prioritário. A lei determina a colocação desse sinal nas placas dispostas em locais públicos e privados do Maranhão, devendo ser empregado apenas para identificar ou indicar local ou serviço habilitado ao uso de pessoas com deficiência visual monocular. O não cumprimento da norma sujeitará o estabelecimento ao pagamento de multa no valor de mil reais, que, em caso de reincidência, será duplicada.

Uma palavra que sofre

Liberdade, uma palavra que sofre. Agora, espancada pelos que criticam a decisão de proibir a venda de bebidas alcoólicas nas ruas de um bairro boêmio, em Porto Alegre, durante as madrugadas. A liberdade de quem quer molhar o bico está ameaçada e, com ela, toda a civilização ocidental. Azar da liberdade de quem quer dormir. Esse decreto do prefeito é autoritário, coisa de terceiro mundo, gritam os injuriados nas redes sociais. Em vários Estados dos EUA, terá problemas com a polícia quem sair à rua com uma garrafa ou lata de bebida alcoólica fora de uma sacola que impeça a visão do rótulo. Em qualquer lugar, a qualquer hora do dia.

Uma palavra que sofre...2

Outro exemplo: em Londres é proibido tomar cerveja na rua vestindo qualquer peça do uniforme de uma entidade futebolística. Para impedir brigas entre torcidas. Brasileiros que adoram circular no estrangeiro usando as camisas verde-amarelas, amargam com essa proibição. Ah, esses povos atrasados... Se há uma crítica a fazer ao prefeito gaúcho é por não ter editado o decreto antes e por não torná-lo mais amplo.

Para escrever na pedra:

“Somos sempre tão pacientes conosco: nunca ficamos irritados com a nossa própria burrice”. De Lewis Carroll.

TRIVIAL VARIADO

Silvana e João Guilherme de Abreu saíram da toca domingo e foram saborear os deliciosos quitutes do buffet do bistrô Casa Almendra. E por lá encontraram Ana Lúcia e Amaro Santana Leite – aliás, Amaro e João são da mesma família.

Todo orgulhoso, João mostrou a Amaro uma foto do casarão que pertenceu aos pais dele, em Cururupu, que acaba de ser todo reformado. Ficou muito bonito com suas 13 portas e janelas.

Piada: O bêbado liga para seu amigo: – Alô, eu gostaria de falar com o Caio, por favor. – Olá, é o próprio. – Oi, Próprio, tudo bem? Será que você pode chamar o Caio?

De Gilberto Gil, cantor e compositor, eleito na quinta-feira para a cadeira 20 da Academia Brasileira de Letras: “Muito do acolhimento dado pelos acadêmicos se deve ao fato de que há uma reconhecida qualidade no meu trabalho poético, na minha escritura como compositor”. Toma!!!...

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.