Pergentino Holanda

PH Revista: De volta à terra natal Presidente Dutra

E mais: a balada de Guga Fernandes e o novo álbum de Paolo Ravley.
PH12/11/2021 às 23h44

Assista ao vídeo sobre o lançamento dos livros de PH em Presidente Dutra

Repórter PH entre o vereador André Jardins e o prefeito de PD, Raimundinho Carvalho
PH autografando seus livros
Pergentino Holanda com o empresário Edson Lobão Filho

CLIQUE AQUI E LEIA O PH REVISTA NÁ ÍNTEGRA

Maranhão no Prêmio Jabuti

Dois maranhenses figuram na lista dos finalistas do Prêmio Jabuti 2021, divulgada esta semana pela Câmara Brasileira do Livro.

São eles: o jornalista e poeta Eduardo Júlio, na categoria Poesia com o livro “O mar que restou nos olhos” (Editora 7Letras); e Matheus Gato, na categoria Ciências Sociais com o livro “O massacre dos libertos: sobre raça e república no Brasil (1888-1889)” (Editora Perspectiva).

O Jabuti, o mais tradicional prêmio literário brasileiro, seleciona no primeiro momento 10 autores por categoria. Ao longo da próxima semana sai a lista de 5 finalistas por categoria.

Cerimônia virtual

A cerimônia de entrega do Jabuti está marcada para o dia 25 de novembro e será transmitida pela internet.

Os primeiros colocados em cada uma das 20 categorias receberão o troféu Jabuti e mais R$ 5 mil. E neste dia também será revelado o vencedor do Livro do Ano, que ganha R$ 100 mil.

O Prêmio Jabuti presta este ano uma homenagem especial ao escritor Ignácio de Loyola Brandão.

Desmascarados

De acordo com decisão do governo estadual, a partir de agora deixa de ser obrigatório o uso de máscara em locais abertos.

Isso não significa, no entanto, que “liberou geral”. Os riscos de contaminação pela Covid-19 ainda persistem e é necessário que a população continue tomando cuidados básicos.

Como, por exemplo, o uso de álcool em gel nas mãos e de máscaras em locais fechados ou em pontos de aglomeração.

O fêmur do dinossauro

A descoberta ocorreu em abril deste ano, mas só esta semana veio a público a notícia de que no município maranhense de Davinópolis foi encontrado um fóssil gigante de dinossauro.

Tudo aconteceu durante uma escavação para a construção de uma ferrovia no município da região Tocantina.

O material está sob análise do paleontólogo Leonardo Keber, do Centro de Apoio à Pesquisa

Paleontológica da Quarta Colônia (Cappa), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Segundo ele, trata-se de um fêmur de dinossauro que mede cerca de 1,5 metro.

Na contramão

O governador Flávio Dino pode até não estar satisfeito com os resultados da economia no País, mas o porto do Itaqui, que é administrado pelo governo estadual, não tem do que reclamar.

No mês de outubro, o porto já havia batido o recorde de movimentação de carga em comparação a todo o ano de 2020.

E mais: no primeiro semestre de 2021, os embarques somaram 25 milhões de toneladas, principalmente de grãos e outros produtos do agronegócio, quase o total movimentado em todo o ano de 2020 e 34% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Turismo em Coelho Neto

Ainda sobre economia, o Ministério do Turismo vai investir 3,9 milhões de reais em melhorias na infraestrutura turística de três cidades do Maranhão.

Só em Barreirinhas, uma espécie de portão de entrada dos Lençóis Maranhenses, o ministério vai investir 3 milhões de reais na reforma e a implantação de equipamentos na Beira Rio, para favorecer a diversificação da oferta de atrativos e o aumento do fluxo de visitantes.

Agora o restante dos recursos – não se sabe exatamente qual a relevância para o turismo no Maranhão e no Brasil – serão destinados aos municípios de Luís Domingues e Coelho Neto.

“Arcanos” ano que vem

O escritor e cineasta Joaquim Haickel está às voltas com o exaustivo trabalho de finalização do longa-metragem “Arcanos”, gravado nos meses de agosto e setembro em São Luís.

“Arcanos” tem roteiro assinado por Melina Dalboni e Gustavo Pinheiro, produção de Joaquim Haickel e Elisa Tolomelli e direção de Diego Freitas.

O filme tem como protagonista a atriz Lilia Cabral, que interpreta Fátima, taróloga que deixa Copacabana, no Rio, para uma aventura em busca de seu passado no Maranhão.

Segundo Joaquim, o filme deve chegar às salas de cinema do Brasil ainda no primeiro semestre do próximo ano.

Em defesa do clima

Ex-deputado e ex-ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho participou ativamente durante toda a semana da COP26, em Glasgow, na Escócia.
Representando o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, de cujo governo é Secretário do Meio Ambiente do DF, defendeu uma estratégia de enfrentamento das mudanças climáticas e elogiou a iniciativa dos governadores de se unirem em busca de soluções para a adoção de políticas de defesa do meio ambiente e da sustentabilidade.
Sarney Filho já está de volta a Brasília.

Licença poética

Ao contrário de outros descendentes da família imperial brasileira, o príncipe D. João de Orleans e Bragança diz que está gostando muito da novela da Globo “Nos tempos do Imperador”. Ele diz não se importar com as “licenças poéticas” da novela para contar a história da realeza brasileira.

“Qualquer manifestação cultural sobre fato histórico, seja no cinema, seja na literatura ou no teatro, é romanceada. Gosto muito da novela, gosto dos atores e atrizes, e acho tudo muito divertido”. Disse o príncipe, para desgosto dos parentes que condenam a novela.

Contra a apnéia

Tramita na Câmara Federal projeto de lei do deputado Hildo Rocha que obriga o Sistema Único de Saúde a disponibilizar exames de polissonografia a paciente que necessitem de diagnóstico e tratamento do distúrbio conhecido como apneia do sono.

Além de inúmeros danos à saúde, a apneia, que ataca milhares de brasileiros, pode levar a óbito. O principal exame para dignóstico da doença é a polissonografia, exame caro e incomum, não oferecido na rede pública de saúde.

Em palpos de aranha

Depois de votar pela aprovação da PEC dos precatórios em primeiro turno, o deputado Gastão Vieira enfrentou nas redes sociais uma bateria de críticas pesadas, principalmente dos professores, que foram excluídos da emenda constitucional.

Gastão tentou se explicar e disse que não votaria no segundo turno, preferindo ir fazer uma palestra em Lisboa, em evento que reúne educadores.

Para seus apoiadores que se sentiram traídos, Gastão se comportou como Ciro Gomes durante a última eleição presidencial. Na ocasião, Ciro viajou para Paris enquanto o país pegava fogo.

O insensível

Noveli Meneses Sereno, o sempre irreverente pesquisador do folclore de minha cidade natal, conta que um cidadão de lá, tido como o primeiro vaqueiro a tornar-se vereador, marcou época na política em Presidente Dutra, muito mais pelas tiradas folclóricas.

Semi-analfabeto, fiel escudeiro de Honorato Gomes e Ariston Arruda Léda, ficou famoso por disparar ingenuidades com pretensões filosóficas temperadas com o uso rasteiro da sagacidade.

Certa feita ele avistou um enterro descendo pela Avenida Magalhães de Almeida, a principal de Presidente Dutra. Imediatamente passou a acompanhar e instantes depois estava aos prantos. Noveli o viu e foi consolá-lo.

– Acalme-se, amigo! Primeiro me diga quem é o falecido.
E ele, chorosamente:
– Não sei…
– Não sabe? Como não sabe, se você está chorando tanto assim?
O ex-vereador o encarou com o ar de indignação:
– Você é um insensível, meu amigo. Morrer é triste para qualquer um. O nome só serve para botar na moção de pesar.

Segundo EME

O coordenador de Ações Estratégias da Fiema, economista José Henrique Braga Polary, foi um dos palestrantes do 2º Encontro Maranhense de Economia (EME), promovido de forma virtual pelo Departamento de Economia (DECON) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Polary participou de uma mesa redonda onde se discutiu os desafios para a indústria e o comércio no pós-pandemia, com o presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz – ACII, Edmar Nabarro e a profa. Me. Daniele de Fátima Amorim Silva, da Universidade Ceuma.

Temas relevantes

O II EME, cujo tema é “Maranhão e Brasil Pós-Pandemia: impactos, cenários e desafios”, tem o objetivo de propiciar a discussão, sob diferentes perspectivas teóricas e metodológicas, de temas relevantes para o desenvolvimento maranhense e brasileiro.

Assim, pretende aglutinar os atores relevantes nessa empreitada que são: universidades, empresários, políticos, sociedade civil e a administração pública.

Festa de 15 anos no Palazzo

A mais bonita e charmosa casa de eventos da cidade, o Palazzo Eventos, será palco, neste sábado, de uma grande festa com produção de Emmanuel Márcio Barbosa.

É a comemoração dos 15 anos da jovem Alice Seckef, filha de Marília e do advogado Elias Lago Seckef.
A noitada de hoje no Palazzo terá várias atrações musicais, a começar pelo clássico DJ Sérgio Murilo e a banda Guto Ximenes.

Em tempo: um dos pontos altos da noite será a mais nova sensação da música eletrônica de São Luís: o jovem galã e top DJ Sérgio Balata, cujas performances têm levado os adolescentes à loucura.

DE RELANCE

Depois do sucesso de “Danações”, seu livro de estreia na poesia, o jornalista e poeta Jorge Abreu está de volta com “Feitiço”, pela Editora Primata, de São Paulo, com poemas que falam dos tempos obscuros que vivemos durante a pandemia.

O deputado Roberto Costa acha que, com cerca de 80% da população de São Luís vacinada, não faz sentido manter as casas de cultura fechadas. Ele tratou do assunto com o secretário de Cultura estadual, Anderson Lindoso, e seu apelo pela reabertura desses espaços foi bem recebida.

Quem está mudando de idade neste sábado é o veterano político, ex-deputado em vários mandatos, Carlos Guterres. A comemoração será a partir do meio-dia na Alameda dos Girassóis, no Araçagy.

O Blue Tree São Luís Hotel terá programação especial para o feriadão de 15 de novembro. Toda a programação especial será realizada na área da piscina do hotel que, por sua vez, preparou uma edição especial do Blue Day com direito a uma Pool Party. Tem mais: a programação na área da piscina é uma excelente opção para a família toda desfrutar do feriado da próxima segunda-feira com muita alegria e segurança. Nesse dia será montado um buffet na piscina, oferecida recreação aquática e contará com a presença da Banda Mix in Brasil para animar a festa e celebrar a vida.

O cantor, compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil, eleito o mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL) na tarde da última quinta-feira, é apenas o segundo negro a ter um lugar na ABL, depois de Domício Proença Filho. Ele não é o primeiro membro ligado à MPB, no entanto. A ABL conta também com Antonio Cicero e Geraldo Carneiro, ambos letristas.

“Gilberto Gil traduz o diálogo entre a cultura erudita e a cultura popular. Poeta de um Brasil profundo e cosmopolita. Atento a todos os apelos e demandas de nosso povo. Nós o recebemos com afeto e alegria”, declarou o presidente da ABL, acadêmico Marco Lucchesi.

Ministro da Cultura de 2003 a 2008, durante o governo Lula, Gil é um dos principais expoentes do movimento tropicalista, responsável por uma revolução na música e na estética brasileira a partir dos anos 1960.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.