Literatura maranhense

"O Cortiço", de Aluísio Azevedo, será tema de live literária nesta quarta (13)

A live será no Instagram do Tribunal de Justiça do Maranhão.
Na Mira13/05/2020 às 10h30
"O Cortiço", de Aluísio Azevedo, será tema de live literária nesta quarta (13)A obra é uma das principais referências para compreender questões sobre o Brasil em meados do Século XIX. (Foto: Reprodução/Internet)

SÃO LUÍS - Uma live com temática literária feita pelo presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão e membro da Academia Maranhense Letras Lourival Serejo vai girar em torno da obra maranhense O Cortiço, de Aluísio Azevedo.

A transmissão poderá ser acompanhada pelo Instagram, no perfil @tjmaoficial, nesta quarta-feira (13), às 16h30. Lourival terá como convidados os escritores e professores José Neres e Ceres Fernandes, também membros da Academias Maranhense de Letras,

Ver essa foto no Instagram

#LiveLiterária - Os 130 anos do romance 'O Cortiço', de Aluísio Azevedo. ⠀ O presidente do TJMA e membro da Academia Maranhense de Letras (AML), desembargador Lourival Serejo, e os escritores e professores José Neres e Ceres Fernandes – também imortais da AML – vão abordar numa ‘live literária’, aqui no Instagram @tjmaoficial, nesta quarta-feira (13), às 16h30, os 130 anos da obra ‘O Cortiço”, do consagrado romancista maranhense, Aluísio Azevedo. ⠀ O romance, lançado em 1890, relata a vida em uma habitação coletiva de pessoas pobres (cortiço), na cidade do Rio de Janeiro. A obra tornou-se peça-chave para o melhor entendimento do Brasil do século XIX e, também, para refletirmos sobre questões bastante atuais, como a desigualdade social . ⠀ Aluísio Azevedo (1857/1913) foi o melhor representante da tendência naturalista do Realismo brasileiro. Além do romance “O Cortiço”, é autor de outras obras marcantes na literatura brasileira. ⠀ #live #OCortiço #AluísioAzevedo #LourivalSerejo #AML #letras #tjma #literatura #academiamaranhensedeletras #história #desigualdadesocial

Uma publicação compartilhada por Tribunal de Justiça do MA (@tjmaoficial) em

O romance “O Cortiço” foi escrito há 130 anos e é formado por 23 capítulos. A obra aborda o cotidiano de pessoas com poucas condições de vida, na cidade do Rio de Janeiro.

O livro se tornou, ainda, uma das principais referências para compreender questões sobre o Brasil em meados do Século XIX.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.