Imicast

Imicast: cinco personagens dos games que marcaram a sua infância

O NaMira Games desta sexta-feira (17) relembra alguns protagonistas famosos dos jogos virtuais.
Na Mira19/01/2020 às 17h20
Imicast: cinco personagens dos games que marcaram a sua infânciaFoto: Divulgação

Recordar a infância é a mais doce forma de ser feliz novamente e nós do Imirante.com estamos aqui para trazer cinco histórias de personagens do mundo dos games que marcaram a sua infância. Independente de qual geração você faz parte, algumas figuras desse mundo virtual fizeram parte com certeza fizeram parte dos seus momentos de lazer. Afinal de contas, quem não lembra de nomes como Sonic, Super Mario e Megaman?

Ícones para milhares de pessoas, os personagens que escolhemos possuem até uma evolução de design e de suas histórias com o passar do tempo, pois todos eles ganharam diversos jogos que foram produzidos para consoles diferentes. Nós sabemos que das escolhas no design até a profundidade do passado e suas consequências, um bom personagem é algo raro e difícil de se conseguir e as cinco criaturas abaixo são verdadeiros titãs da era virtual. Veja:

1. Super Mario

Não há duvidas que este é um dos maiores personagens do mundo dos games. O encanador bigodudo apareceu pela primeira vez em um jogo no ano de 1980, após uma tentativa sem sucesso da Nintendo ao fazer um jogo baseado no desenho Popeye, Miyamoto, considerado o pai do Mario, foi então solicitado pela empresa para projetar um novo jogo baseado em suas próprias ideias. O resultado disso foi Donkey Kong, em que o personagem "Jumpman" (Mario) tentava salvar a sua namorada Pauline do gorila Donkey Kong.

Muita gente não sabe, mas inicialmente o Mario seria um carpinteiro, mas como a produtora do game observou que o personagem entrava e saía dos canos, acabaram optando por deixá-lo como encanador. Para ser visto como ser humano e não como um mutante ou algo parecido, colocaram em Mario um enorme bigode. Nos Estados Unidos, as pessoas perceberam que o personagem era extremamente parecido com um funcionário da Nintendo, chamado Mario Segali, daí veio a ideia de trocar o nome de Jumpman para Mario, que já começou a ser utilizado no próximo jogo de Miyamoto, Donkey Kong Jr.

Jogos como Super Mario Worlds (Snes), Super Mario Bros (Nes), Super Mario Galaxy (Wii) , Mario Kart DS (Nintendo DS) e vários outros imortalizaram a imagem do bigodudo. A série Mario já possui mais de 500 milhões de cópias vendidas, e os seus jogos vão desde o modesto Super Nintendo até o moderno Wii, ambos da Nintendo.

2. Sonic

Criado pela Sega para combater o mascote da Nintendo que falamos acima, o objetivo inicial da história de Sonic era vender 1 milhão de cópias. O ouriço, que apareceu par ao grande público pela primeira vez em 1991, ficou famoso por jogos em consoles como Master System e Dreamcast, mas sofreu diversas mudanças até chegar às prateleiras de todo o mundo no clássico lançado para Mega Drive.

Os primeiros traços criados para montar o personagem que foi feito por Naoto Ohshima, nem se parecia realmente com o Sonic que conhecemos. Inclusive, o personagem chegou a ser batizado como "Needlemouse" antes de receber seu nome oficial. Uma outra curiosidade é que em 1993, o ouriço azul esteve ao lado do piloto brasileiro Ayrton Senna no Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1. Senna levantou um troféu com a imagem do personagem após vencer a etapa que foi patrocinada pela Sega.

Com carisma, ótimos jogos e um design para lá de original, Sonic é um dos personagens fictícios mais importantes de todos os tempos.

3. Link (Zelda)

Apesar dos mais leigos acharem que seu nome é Zelda, o protagonista desta série de games se chama Link e se tornou ao longo do tempo um dos personagens mais amados do universo virtual. O herói da Nintendo é mais uma criação de Shigeru Miyamoto e apareceu pela primeira vez em 1986, no NES.

Em uma entrevista ao site Gamespot, o criador de Legend of Zelda, Shigeru Miyamoto, citou uma história curiosa, sobre a criação do clássico. A ideia para o conceito de Legend of Zelda veio das lembranças de sua infância em Kyoto, onde ele brincava de explorar as florestas, cavernas, campos e lagos nas redondezas. Outra curiosidade é que a esposa do autor de Grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald, se chamava Zelda – e ela de fato inspirou a mais famosa princesa da Nintendo.

Existe uma eterna comparação que após vários fãs comentarem, Miyamoto revelou em uma entrevista em 2012 se realmente fazia sentido. Acredite ou não, o criador do Link é fã declarado de Walt Disney, e confirmou que o personagem teve forte inspiração na animação de Peter Pan.

4. Mega Man

A primeira aparição de Mega Man foi em 1987, e assim como Mario e Sonic, ele é querido por milhões de gamers ao redor do mundo. Desde a geração 8 bits até os jogos mais recentes, a série do personagem ficou marcada por saber se reinventar, alcançando novos nichos de mercado.

No Japão, a série Mega Man possui outro nome, Rockman. Isso provavelmente você já sabia. A origem para esse nome é nebulosa, muitos dizem que se refere a estilo musical Rock’n Roll, pois o nome da amiga do Rockman é justamente Roll. O nome inteiro do vilão da série clássica, é Albert Willy, sendo baseado em Albert Einstein, além de sua aparência lembrar a dele. O nome do gênio Einstein foi dado a Willy, pois apesar de ter sido um bom homem, foram os seus estudos que possibilitaram a criação da bomba atômica, que devastou Hiroshima e Nagasaki no final da Segunda Guerra Mundial.

Com mais de 50 versões de jogos lançados até hoje e tendo influenciado várias gerações, ele é um dos mais importantes da lista.

5. Crash Bandicoot

Crash foi eternizado pelo seu game clássico feito para o Playstation, pois de alguma forma o personagem se tornou um símbolo do PS1. Desenvolvido pela Naughty Dog, e hoje produzido pela Activision, a franquia conta com dezenas de jogos para PlayStation, Xbox, Gamecube e portáteis, que divertiram uma legião de fãs e entraram para a memória de muitos jogadores.

Tawna, a namorada de Crash que é sequestrada pelo Dr. Neo Cortex no primeiro jogo, foi baseada na atriz e modelo Pamela Anderson. Ela foi removida dos jogos posteriores por ser considerada uma personagem muito sexualizada para o game. Antes do lançamento de Crash para PlayStation, as maiores referências de jogos platformers eram Sonic, da Sega, e Mario, da Nintendo. Como ambos eram 2D, o jogador tinha uma visão lateral do personagem por ser 3D, a câmera passava a maior parte do tempo apontando para o traseiro do personagem.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.