No TAA

Musical João do Vale, O Gênio Improvável encerrou primeira edição do GEMA com chave de ouro

A reapresentação do musical “João do Vale, O Gênio Improvável” foi sucesso de público, com a casa cheia nas quatro sessões e público estimado de duas mil pessoas.
Divulgação/Assessoria25/02/2019 às 15h47
Musical João do Vale, O Gênio Improvável encerrou primeira edição do GEMA com chave de ouroAs perspectivas a partir de agora são em prol da turnê nacional anunciada pelo diretor do Teatro Arthur Azevedo. (Foto: Meireles Júnior)

No último final de semana o musical João do Vale, O Gênio Improvável subiu ao palco do Teatro Arthur Azevedo como programação de encerramento do GEMA – Grandes Espetáculos do Maranhão. O evento, que aconteceu durante todos os finais de semana deste mês, é uma realização do Governo do Maranhão e da Secretária de Estado da Cultura e Turismo, por meio do Teatro Arthur Azevedo.

Milhares de pessoas assistiram aos cinco espetáculos em cartaz, foram eles: “O Auto da Compadecida” (Cia Teatral Gracielle Costa), dias 02 e 03; “Miolo da Estória” (Santa Ignorância Cia de Artes), dia 10; “Chico, Eu e Buarque” (Teatro Arthur Azevedo), dia 15; “Pai e Filho” (Pequena Cia de Teatro), dias 16 e 17; e por fim, o musical “João do Vale, O Gênio Improvável” (Teatro Arthur Azevedo) no último fim de semana.

A reapresentação do musical “João do Vale, O Gênio Improvável” foi sucesso de público, com a casa cheia nas quatro sessões e público estimado de duas mil pessoas. O diretor do Teatro Arthur Azevedo e idealizador do musical, Celso Brandão, diz estar satisfeito com o resultado da programação, que em sua primeira edição já movimentou o cenário cultural da cidade.

“O GEMA tem tudo para a gente continuar ano que vem. É mais um evento para a cidade, para que as pessoas conheçam os trabalhos dos maranhenses e possam apreciar o que é feito por nós. Estou muito feliz e emocionado com esse projeto.” entusiasmou-se Brandão.

A reapresentação também contou com a estreia de dois novos membros do elenco: o ator Al Danuzio, no papel de Zé Gonzaga, e o ator Leonardo Fernandes, como Chico Buarque.

As perspectivas a partir de agora são em prol da turnê nacional anunciada pelo diretor do Teatro Arthur Azevedo, segundo Celso Brandão ainda neste semestre o musical “João do Vale, O Gênio Improvável” deve iniciar turnê por 10 capitais brasileiras.

"Agora é se organizar para que o musical não pare mais e para que consigamos rodar durante o ano inteiro. O elenco está muito afinado, muito antenado e isso só me motiva a trabalhar mais e a fazer muito mais pela cultura do Maranhão junto com o Governo do Estado." enfatizou Celso Brandão

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.