Novos escritores

Inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura terminam nesta quinta

Os autores podem concorrer nas categorias Romance ou Conto, com obras inéditas.
Divulgação/Assessoria13/02/2019 às 17h08
Inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura terminam nesta quintaO objetivo da premiação é identificar novos escritores, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional. (Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS - Nesta quinta-feira (14), termina o prazo para inscrição no Prêmio Sesc de Literatura, edição 2019. Os autores podem concorrer nas categorias Romance ou Conto, com obras inéditas.

O concurso nacional oferece como prêmio a publicação e distribuição das obras pela Editora Record, parceira do Sesc no projeto. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até às 18h desta quinta, no site www.sesc.com.br/portal/site/premiosesc, onde está disponível o edital com regulamento completo.

O objetivo da premiação é identificar novos escritores, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional. Os vencedores têm suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de 2 mil exemplares.

“O Prêmio Sesc de Literatura promove uma renovação do mercado literário brasileiro ao oferecer uma oportunidade para novos escritores. Desde a sua criação, já teve mais de 12 mil livros inscritos e revelou 27 novos autores”, afirma Henrique Rodrigues, analista de literatura do Sesc.

Reconhecido como uma das mais importantes premiações do gênero no país, o Prêmio Sesc foi criado em 2003 e ganhou importância por ser destinado exclusivamente a novos autores, abrindo as portas do mercado editorial aos estreantes.

O processo de curadoria e seleção das obras é criterioso e democrático. Os livros são inscritos pela internet, protegidos por pseudônimos. Ou seja, quem avalia os livros não sabe quem os escreveu.

Na última edição os vencedores foram a carioca Juliana Leite, na categoria Romance com “Entre as mãos”, e Tobias Carvalho, gaúcho, ganhador da categoria Conto, com “As Coisas”.

“Há 4 anos, quando comecei a escrever esse romance, a circunstância mais fabulosa que me ocorria, em sonho mesmo, era ganhar o Prêmio Sesc”, declara Juliana, que após a premiação do Sesc, ganhou o Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Já Tobias reforça que “vencer o Prêmio Sesc foi a melhor maneira de começar a carreira literária, com um aval importantíssimo”.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.